Novacki acerta vinda ao Brasil de missão técnica da Arábia Saudita

Bovinos

Novacki acerta vinda ao Brasil de missão técnica da Arábia Saudita

Veterinários árabes chegam na primeira semana de maio para habilitar a exportação
Por:
74 acessos

Em Riyadh, capital da Arábia Saudita, a comitiva oficial do Brasil, liderada por Eumar Novacki, Secretário-Executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) foi recebida pelo Vice-Ministro Ahmed bin Saleh Al Ayadah do Ministério da Agricultura, Meio Ambiente e Águas do Governo Saudita.

Na reunião, o Vice-Ministro disse que o País tem todo o interesse em estreitar relação com o Brasil, parceiro comercial há mais de 40 anos. Na primeira semana de maio, o Governo Saudita enviará missão técnica para habilitação do Brasil na exportação de bovinos vivos. 

Uma das pautas tratadas no encontro foi o abate Halal no Brasil, requisito religioso para acessar o mercado de vários países árabes. A Arábia Saudita cada vez mais restringe o acesso, mas o Governo Brasileiro apresentou um trabalho técnico-científico realizado pela Embrapa, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), explicando que o procedimento usado no Brasil segue rigorosamente os preceitos estabelecidos no abate Halal.

O Mapa solicitou adiamento por mais 60 dias para que passe a valer os critérios mais rígidos exigidos pelo Governo Árabe e convidou uma delegação para que conheça como o abate halal é realizado no Brasil. Ficaram estabelecidas as assinaturas de um protocolo de intenções – com o objetivo de estreitar ainda mais a relação entre os países – e de um termo de cooperação técnica para troca de experiências.

Integram a comitiva brasileira o Secretário Substituto da Secretaria de Relações Internacionais do Mapa, Alexandre Pontes, o Vice-Presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Rui Vargas, além empresários do setor e de representantes de certificadoras Halal.

A Arábia Saudita é o principal destino das exportações agropecuárias do Brasil no Oriente Médio. Em 2017, as exportações brasileiras somaram mais de US$ 2,6 bilhões de dólares.  O frango é o principal produto, com 591 mil toneladas exportadas, que renderam mais de US$ 1 bilhão de dólares.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink