Novas medidas do seguro visam acompanhar as lavouras

Agronegócio

Novas medidas do seguro visam acompanhar as lavouras

Uma nova exigência é de que o técnico responsável pela perícia de comprovação de perdas nas culturas incluídas no SEAF utilize o Sistema de Posicionamento Global (GPS), para localização da lavoura, medição da área plantada e da altitude
Por:
83 acessos

O Seguro da Agricultura Familiar (SEAF), operacionalizado pela Secretaria de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA), incluirá a partir desta safra 2007/2008 novas medidas visando o melhor acompanhamento das lavouras. A decisão foi aprovada na última quinta-feira (26-07) pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Uma nova exigência é de que o técnico responsável pela perícia de comprovação de perdas nas culturas incluídas no SEAF utilize o Sistema de Posicionamento Global (GPS), para localização da lavoura, medição da área plantada e da altitude. Ele também deverá utilizar fotos digitais para o registro do estado da lavoura e dos danos causados. A medida entrará em vigor a partir de 2 de janeiro de 2008.

Segundo o coordenador-geral do SEAF, José Carlos Zukowski, essas medidas serão importantes para melhorar a gestão de riscos do seguro. A inclusão das fotos digitais e do GPS permite verificar se houve redução de área cultivada ou plantio em lugar diferente e, ainda, se a cultura plantada foi realmente a contratada no seguro junto ao agente financeiro.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink