Novas zonas-tampão desagradam agricultores franceses

PESTICIDAS

Novas zonas-tampão desagradam agricultores franceses

A partir de 1º de janeiro, deve haver um espaço de cinco metros entre campos pulverizados e moradias
Por: -Leonardo Gottems
277 acessos

O governo francês estabeleceu distâncias seguras para a propagação de pesticidas nas lavouras próximas a residências, chamadas de zonas-tampão, na tentativa de estabelecer um debate entre agricultores e ambientalistas, mas conseguindo desagradas os dois grupos ao mesmo tempo, segundo informou a agência de notícias Reuters.
 
A partir de 1º de janeiro, deve haver um espaço de cinco metros entre campos pulverizados e moradias para culturas mais curtas, como cereais, e uma zona de 10 metros para culturas mais altas, como árvores frutíferas, disseram os ministérios da agricultura, meio ambiente e saúde em comunicado conjunto. A declaração estava de acordo com as recomendações feitas pela agência francesa de alimentos e meio ambiente ANSES em 2019.
 
O maior sindicato de agricultores da França, o FNSEA, que se opôs às zonas livres de pesticidas obrigatórias por potencialmente forçar os agricultores a abrir mão de grandes quantidades de terra, reagiu. “Ao estabelecer, em certas situações, distâncias incompressíveis de segurança, quaisquer que sejam as práticas e medidas de proteção, o governo cede lugar à ideologia e abandona muitos agricultores sem solução”, afirmou a FNSEA em comunicado.
 
O grupo ambientalista France Nature Environment (FNE) criticou as medidas por não ir suficientemente longe. "O que temíamos que tivesse acontecido", disse Thibault Leroux, representante do FNE, acrescentando que o grupo está considerando recorrer a um tribunal para contestar a decisão.
 
Os pesticidas comerciais já foram proibidos em espaços públicos, como parques, desde janeiro de 2017, e a proibição foi estendida para incluir casas e jardins particulares este ano.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink