Novembro é mês de vacinar bovídeos contra febre aftosa no DF
CI
Agronegócio

Novembro é mês de vacinar bovídeos contra febre aftosa no DF

O DF não registra casos da doença há 16 anos
Por:

Cerca de 110 mil bovinos e bubalinos do Distrito Federal devem ser vacinados contra a febre aftosa, a partir de sábado (1º), na segunda etapa da campanha, que se realiza até 30 de novembro. O DF não registra casos da doença há 16 anos.

Segundo o chefe do Serviço de Sanidade Agropecuária do Distrito Federal (Sedesa-DF), Édson Guimarães Cavalcante. “Hoje, o status concedido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) ao DF é de livre de febre aftosa, com vacinação. Essa condição só foi alcançada graças à vacinação.” Em maio, na primeira etapa da campanha, a cobertura vacinal foi de 96%. Na segunda etapa do ano passado, 88% dos bovídeos foram vacinados.

Com o rebanho imunizado, os produtores devem declarar a vacina nos escritórios da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA-DF), localizados nos núcleos operacionais de Brazlândia, Gama, Sobradinho e Planaltina. Caso não declare, “o produtor fica proibido de transitar e comercializar o animal e de obter a Guia de Trânsito Animal (GTA)”, explica Édson Guimarães.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.