Novo inseticida apresenta alta eficiência contra broca da cana
CI
Imagem: Divulgação
LINHA CANA

Novo inseticida apresenta alta eficiência contra broca da cana

diferencial do inseticida está na combinação de dois novos ingredientes ativos inéditos: Metoxifenozida e Espinetoram
Por:

O Brasil perde, anualmente, mais de R$ 5 bilhões em função dos prejuízos causados pela broca da cana (Diatraea saccharalis). Com apenas 1% de intensidade de infestação, essa praga já gera prejuízos enormes para a produção de um canavial uma vez que as lagartas abrem galerias na cana e microrganismos aproveitam para entrar e consumir toda a sacarose.
 
Nesse momento, no qual é fundamental utilizar uma tecnologia que possua rápida velocidade de ação e longo período de controle, surge como solução o inseticida Revolux®. O diferencial desse inseticida está na combinação de dois novos ingredientes ativos inéditos: Metoxifenozida e Espinetoram, que possuem modos de ação únicos e exclusivos para o controle da broca da cana.

De acordo com a fabricante, o produto pode ser aplicado via foliar, de forma aérea ou tratorizada, apresentando “alta eficiência no controle da broca de cana. Encaixa-se perfeitamente no Manejo Integrado de Pragas (MIP), pois torna possível a rotação de ativos e modos de ação no controle da broca. Por ser seletivo aos principais inimigos naturais desta praga, permite associar o controle químico ao biológico”. 

Além do controle da lagarta antes da entrada no colmo, Revolux® possui exclusiva ação ovicida, contribuindo, prolongando sua atuação por duas fases da praga. Essa particularidade permite uma rápida redução inicial e um longo residual. Adicionalmente, a tecnologia possui eficiência no controle com baixas doses por hectare, devido aos seus inovadores e exclusivos princípios ativos.

Os dois ingredientes ativos que compõe o Revolux®, Metoxifenozida e Espinetoram, ganharam o Prêmio de Química Verde da EPA (U.S. EPA Green Chemistry Challenge Awards), concedido pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos. Esse reconhecimento se deve à ação específica do produto sobre os insetos-alvo, com seletividade aos organismos benéficos e características que não prejudicam o meio ambiente.

Com mais de nove milhões de hectares de área plantada, o Brasil é o maior produtor de cana-de-açúcar do mundo. O mercado de proteção para esse cultivo alcança os US$ 1,4 bilhão, de acordo com a Consultoria Spark. A Corteva afirma que pode “contribuir para o desenvolvimento deste mercado, com soluções inovadoras que facilitem o dia a dia do agricultor e aumentem a produtividade e rentabilidade dos canaviais”.

LINHA CANA CORTEVA

A Corteva possui um portfólio completo para a cultura da cana-de-açúcar, o que se constitui em um diferencial para o produtor. Nós últimos meses a empresa tem se destacado também pelo investimento em tecnologias, com o objetivo de buscar soluções inovadoras para o canavial brasileiro. Investiu também em uma nova equipe de campo, mais robusta, com especialistas para prestar o melhor atendimento ao público. A Corteva investe anualmente US$ 1,2 bilhão de dólares em Pesquisa & Desenvolvimento, sendo US$ 200 milhões deste total destinados ao Brasil.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink