Novo ministro da Agricultura recebe cargo na Embrapa
CI
Agronegócio

Novo ministro da Agricultura recebe cargo na Embrapa

Por:
O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, participou da cerimônia de transmissão de cargo, na tarde desta segunda-feira (18), na sede da Embrapa, em Brasília. Andrade, empossado no último sábado (16) pela presidenta Dilma Rousseff, recebeu o cargo do ex-ministro Mendes Riberio Filho, que irá retomar seu mandato na Câmara dos Deputados. Ao entregar a pasta, Mendes Riberio deixou como conselho ao novo ministro a importância de ouvir as demandas dos produtores. “O produtor é que sabe das coisas. Vamos trabalhar por eles”. No que também desejou a Antônio Andrade sucesso total no cargo que assume a partir de hoje.


O novo ministro da Agricultura, Antônio Andrade, é engenheiro civil e produtor rural, natural de Patos de Minas (MG). Para ele, assumir pela primeira vez um Ministério será um desafio, mas, para enfrentá-lo da melhor forma, garantiu estar comprometido com o desenvolvimento do País e da agricultura. Andrade disse saber da importância desse setor, no qual sempre esteve envolvido, como filho e neto de produtor rural. “Sempre lutei para que a agropecuária conquistasse seu espaço, pela contribuição social e econômica do setor ao Brasil, além de ser um importante instrumento para redução da miséria no País”, destacou.

Entre as diretrizes de sua gestão no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade colocou como pontos principais a redução da miséria, a geração de emprego, o aumento da renda dos produtores e inclusão destes, além de reforçar a contribuição do Brasil para atender a crescente demanda mundial por alimentos. Nesses desafios, o novo ministro destacou que irá contar com a Embrapa no sentido de garantir conhecimento e tecnologia necessários a esses fins. “Na agricultura pujante que temos, muito se deve à pesquisa, inovação e assistência técnica. E vamos trabalhar muito para equilibrar esses pontos”.

Despedida
Mendes Ribeiro entregou o cargo ressaltando que deixa o Ministério que sua missão cumprida. Durante o período que esteve à frente do MAPA, alcançou resultados históricos, como a realização do maior Plano Agrícola e Pecuário, com recursos de R$ 115,25 bilhões, e a maior safra já colhida na história do País, de 166,2 milhões de toneladas em 2011/2012. “Fizemos uma safra recorde e estamos produzindo uma maior ainda para este ano. Agora é só continuar avançando”.


Sobre a parceria com a Embrapa, Mendes agradeceu à Empresa e aos seus pesquisadores pelas décadas de avanço na agricultura ao longo desses 40 anos. Segundo ele, “o trabalho da Embrapa nos permite que a perspectiva do amanhã seja sempre melhor”. Em conversa com o presidente da Embrapa, Maurício Lopes, pouco antes da cerimônia de transmissão, Mendes Ribeiro disse que vai manter a parceria com a Empresa na Câmara dos Deputados. “Quero continuar trabalhando a favor dessa Empresa e por tudo que a Embrapa faz pelo Brasil. Temos muito o que fazer ainda”, ressaltou.

Em homenagem e agradecimento ao trabalho realizado pelo ex-ministro à frente do Ministério da Agricultura, o presidente Maurício Lopes entregou a Mendes Ribeiro uma placa com a cópia da chave da Embrapa. “Essa chave mostra que as 47 unidades da Embrapa estarão abertas para o senhor e que pode contar conosco sempre”, disse Maurício.

Participaram da cerimônia de transmissão do cargo, compondo a mesa, o presidente da Embrapa, Maurício Lopes, o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Junior, o novo ministro do Trabalho, Manoel Dias, a senadora e presidente da CNA, Kátia Abreu, o senador Valdir Raupp, o deputado federal Luis Carlos Heinze, o secretário da Agricultura de Minas Gerais, Elmiro Nascimento, e o governador em exercício do Distrito Federal, Tadeu Filippelli.


Mais sobre o novo ministro

Antônio Eustáquio Andrade Ferreira nasceu em 18/06/1953. Formou-se em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e começou sua carreira política como prefeito de Vazante (MG) de 1989 a 1992. Foi deputado estadual no estado por três legislaturas e está em seu segundo mandato como deputado federal. Atualmente é presidente do PMDB em Minas Gerais. Andrade ocupou a presidência da Comissão de Finanças e Tributação até o último dia 7/3 e integrou as comissões de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, de Minas e Energia, de Constituição e Justiça, de Desenvolvimento Econômico e a comissão especial Agroindústria e Produtor Rural. Também integrou a Frente Parlamentar da Cadeia Produtiva do Leite, entre outras.

Antônio Andrade também teve atuação direta no agronegócio. Além de produtor rural, já foi presidente do Sindicato Rural de Vazante, presidente da Associação Microrregional dos Municípios do Noroeste de Minas Gerais e diretor da Associação Mineira de Municípios.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.