Novo status sanitário vai ampliar acesso a mercados e impulsionar economia de MS
CI
Imagem: Divulgação
PECUÁRIA

Novo status sanitário vai ampliar acesso a mercados e impulsionar economia de MS

Mapa anuncia que MS será área livre de febre aftosa sem vacinação a partir de 2023
Por:

Para a Famasul, o anúncio feito pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), no último sábado (30), de que Mato Grosso do Sul será área livre de febre aftosa sem vacinação a partir de 2023, representa importante conquista do setor e um grande salto para a economia do estado. A instituição, que integra a equipe executiva do Comitê Gestor do Plano Estratégico do PNEFA (Programa Nacional de Vigilância da Febre Aftosa), vem atuando intensamente para desenvolver as ações para projetar o estado a esta nova condição sanitária. Conforme o planejamento estratégico, a última vacinação do rebanho bovino e bubalino deve acontecer em novembro de 2022. 

 “Estamos à frente de importantes agendas de formalização e compartilhamento de informações com produtores rurais, desenvolvendo projetos e iniciativas para o alcance desta nova condição sanitária. Representa a abertura de importantes e exigentes mercados mundiais, impulsionando a economia de nosso estado”, destacou Marcelo Bertoni, presidente do Sistema Famasul.

“Faz parte dessa conquista o empenho, dedicação e responsabilidade dos produtores rurais com a sanidade de seus rebanhos, além da parceria entre as instituições públicas e privadas e do trabalho do serviço veterinário oficial do Brasil. O sucesso desse planejamento e o status de área livre de febre aftosa sem vacinação reflete um movimento dinâmico e contínuo. Passaremos da vigilância passiva para a vigilância ativa”, ressalta.

Nesse sentido, o Sistema Famasul, por meio do Senar/MS, desenvolve o Programa de Sanidade Animal, contemplando cooperação técnica junto ao Governo de MS, por meio da Semagro e da Iagro, e ainda com a parceria da Superintendência Federal de Agricultura e Pecuária de MS e CRMV/MS (Conselho Regional de Medicina Veterinária).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.