Novos cultivares de milho para a região são apresentados em Tarde de Campo

Agronegócio

Novos cultivares de milho para a região são apresentados em Tarde de Campo

Cerca de 250 pessoas, entre produtores e técnicos da Emater/RS da região receberam orientações sobre os novos cultivares de milho
Por:
250 acessos
Cerca de 250 pessoas, entre produtores e técnicos da Emater/RS da região receberam orientações sobre os novos cultivares de milho recomendado para a região para a próxima safra, durante Tarde de Campo, realizada nesta quinta-feira (3-04), em Aratiba.


O evento foi promovido pela Emater/RS-Ascar, pela Fepagro e prefeitura de Aratiba com apoio da Cotrel.

As informações foram repassadas, em três estações, na propriedade de Agostinho Dalla Rosa, localizada na Linha Cobra, onde foram instalados 4 experimentos onde foram avaliados 128 híbridos de 22 empresas diferentes.

O pesquisador da Fepagro, José Paulo Guadagnin, observou que existem 16 unidades experimentais no Estado com objetivo de avaliar e divulgar os melhores híbridos para cada região.

Segundo Guadagnin, os milhos híbridos produzem mais de 100 sacos por hectare.

Ele aconselhou os produtores a plantar os cultivares indicados pela pesquisa e pela extensão rural, plantar cultivares de ciclos diferentes na mesma safra e plantar em épocas diferentes.

É muito importante que o produtor plante e colha no período indicado.

O agrônomo da Cotrel, Roberto Nei Kurek, orientou sobre o sistema de adubação para a cultura do milho. Entre suas principais orientações estão a adoção do sistema plantio direto, maximizar a cobertura do solo, diversificar os genótipos, rotação de culturas. Também destacou a análise do solo como fundamental. “É importante que a análise seja feita a cada dois anos”. Kurek indicou ainda para uma boa safra cuidados com o controle de doenças e pragas, escalonamento da época de semeadura.


Na terceira estação, a extensionista do Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar de Aratiba, Sandra Leichtweis, lançou a publicação “Resgatando Saberes e Sabores em Aratiba, com receitas usando o milho com base do preparo dos pratos. Nesta estação foram degustados 43 produtos a base de milho e de farinha de milho. “Nós realizamos um curso mostrando a variedades de produtos que podem ser feitos com o milho e a farinha”, disse Sandra.


Abertura – O evento foi aberto pelo prefeito Gilberto Hendes e pelo gerente regional da Emater/RS-Ascar, Luiz Ângelo Poletto. Poletto destacou a importância do cultura do milho para a região, principalmente para a pequena propriedade. “Nós temos uma lavoura de mais de mais 200 mil hectares e esses experimentos têm ajudado muito”. Ele lembrou que Aratiba produz hoje 8 mil hectares de milho e já chegou a produzir 14 mil hectares. De acordo com Poletto, a expectativa para produção e comercialização do produto são boas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink