Agronegócio

Novos operadores de máquinas agrícolas recebem certificados em Mato Grosso

O curso foi ofertado em parceria com o Sindicato Rural de Cuiabá e a Case IH.
Por:
2275 acessos

Durante a 52ª Expoagro, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT), além das oficinas e vitrines, realizou duas turmas da qualificação Operador de Máquinas Agrícolas, que encerraram na sexta-feira (08.07) com a entrega de certificados para os 37 participantes. O curso foi ofertado em parceria com o Sindicato Rural de Cuiabá e a Case IH.

Com a qualificação, os alunos já saem habilitados para se inserirem no mercado de trabalho exercendo a função de operador de máquinas agrícolas. Conforme explica o instrutor credenciado junto ao SENAR-MT, Ênio Nattjin, a carga horária da qualificação é de 120 horas, sendo 20 horas de competências básicas e 100 horas de conteúdos específicos desde informações sobre operação até manutenção. "O que percebemos das turmas é que são, em sua maioria, de jovens entre 20 e 30 anos, que estão fazendo cursos técnicos na área do agronegócio. Outro ponto interessante é que de 37 alunos, seis são mulheres e isso é legal, pois mostra que é um trabalho que pode muito bem ser executado por elas".

O técnico de instalação Luiz Augusto de Sá, de 38 anos, foi um dos participantes da qualificação. Ele possui uma pequena propriedade rural na Baixada Cuiabana e quer investir em conhecimento para melhorar o trabalho no sítio. "Hoje em dia, ainda não consigo tirar todo o meu sustento da propriedade e ainda trabalho na cidade, mas minha ideia é focar em me qualificar para poder viver disso. Tenho pouco conhecimento na área rural e este é o primeiro curso do SENAR-MT que fiz. Já de cara, percebi o quanto a instituição tem a oferecer neste meu processo de me capacitar e trabalhar no setor".

Aluna do curso de Técnico em Agropecuária da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) e da Federação dos Trabalhadores da Agricultura (Fetagri), Lenice Liduína Luz, de 47 anos, é natural de São Félix do Araguaia e mora com a família atualmente em Várzea Grande para poder estudar. Ela conta que possui uma pequena propriedade rural em São Félix do Araguaia, para onde pretende voltar com os filhos assim que concluir o curso técnico, em novembro deste ano. "Vejo que os cursos que o SENAR-MT oferece, além de complementar os estudos, acrescenta conhecimento para a vida e para a carreira profissional. Estou me preparando para voltar para a minha cidade e trabalhar no que é meu e, então, quanto mais eu puder aprender, mais conhecimento vou agregar".

Para o coordenador de Serviços para Mato Grosso e Rondônia da Case IH, Júlio Souza, a parceria com o SENAR-MT na qualificação Operador de Máquinas Agrícolas é muito importante pois possibilita que os futuros operadores tenham contato com o maquinário e com as tecnologias que ele possui. 'Por meio da qualificação, os participantes conseguem extrair o melhor que a máquina oferece, melhorando o desempenho da máquina, o desempenho deles, e o resultado final é bom para todos".

Balanço – Nos 10 dias de duração da 52ª Expoagro, em Cuiabá, o SENAR-MT realizou, em seu estande, 48 oficinas e cinco vitrines, que contaram com a participação de cerca de 380 pessoas. Algumas das novidades da instituição que foram apresentadas na feira foram a oficina de biometria da piscicultura, defensivos naturais, horta vertical e beneficiamento de hambúrguer, entre outras.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink