CI

O dono do Facebook vai virar pecuarista? Entenda

E vai ser carne nobre!


Foto: Divulgação

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook (Meta) e do Instagram, agora investe na criação de gado angus e wagyu em seu rancho no Havaí. A dieta dos animais inclui macadâmia e cerveja, com ênfase na produção local. Zuckerberg destaca a participação de suas filhas no projeto, considerando-o um dos mais divertidos e deliciosos que já iniciou. Cada vaca consome de 2.300 a 4.600 quilos de comida por ano.

“Comecei a criar gado no Ko'olau Ranch em Kauai, e meu objetivo é criar uma das carnes de melhor qualidade do mundo. Os bois são wagyu e angus, e vão crescer comendo ração de macadâmia e bebendo cerveja que cultivamos e produzimos aqui na fazenda.  Cada vaca come de 2.300 a 4.600 quilos de comida por ano, o que significa muitos hectares de macadâmias. Minhas filhas ajudam a plantar as maceiras e a cuidar dos nossos diversos animais”, disse ele.

O wagyu é uma raça de gado originária do Japão, conhecida por sua carne marmorizada e sabor intensamente rico. A carne wagyu é altamente valorizada por sua textura macia e suculência. Já o angus é uma raça bovina originária da Escócia, e a carne Angus é conhecida por sua qualidade, marmoreio e sabor. Ambas as raças são apreciadas no mercado de carnes devido às características especiais de suas carnes.

No Brasil, diversos criadores estão distribuídos em vários estados do país, mas a presença do rebanho de Wagyu ainda é limitada. Atualmente, existem aproximadamente 7 mil cabeças de gado Wagyu no Brasil, distribuídas em estados como Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Pernambuco.
 

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.