Obras na BR-101 prejudicam agricultores familiares
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,170 (1,12%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)


Agronegócio

Obras na BR-101 prejudicam agricultores familiares

As propriedades foram cortadas pela rodovia e agora não têm acesso à parte de suas áreas, em função da inexistência de passagens na pista, bem como de acessos laterais para circular com máquinas agrícolas e carro de bois
Por: -Silvano
473 acessos
Agricultores familiares associados de seis Sindicatos dos Trabalhadores Rurais dos municípios de Três Cachoeiras, Terra de Arreia, Osório, Torres, Dom Pedro de Alcântara e Três Forquilhas estiveram reunidos nessa quinta-feira (21-10) com a direção da Fetag, no STR de Três Cachoeiras, onde manifestaram preocupação com os prejuízos decorrentes da duplicação da BR-101. As propriedades foram cortadas pela rodovia e agora não têm acesso à parte de suas áreas, em função da inexistência de passagens na pista, bem como de acessos laterais para circular com máquinas agrícolas e carro de bois.

O presidente da Fetag, Elton Weber, disse que os agricultores reclamam de prejuízos econômicos e do risco de perda de vidas humanas em decorrência da não-realização de obras no projeto inicial da rodovia, que previa a construção de acessos laterais, retornos, túneis e passarelas para as passagens de animais e pedestres. “Embora em alguns municípios tenham sido atendidas pontualmente algumas reivindicações, o problema permanece na maioria dos casos”, observa.

Uma audiência com a participação da Fetag, municípios da região, DNIT, Ministério dos Transportes e Ministério Público Federal deverá ser realizada nos próximos dias, quando será entregue um documento conjunto apontando os problemas e sugerindo soluções para evitar todos esses problemas.

Weber salienta que a obra de duplicação da BR-101 é importante, mas precisa contemplar não só as necessidades do eixo principal, mas também de quem vive nas comunidades e propriedades rurais próximas.
 
As informações são da assessoria de imprensa da Fetag.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink