OCB assina acordo de cooperação para disseminar MDL no campo
CI
Agronegócio

OCB assina acordo de cooperação para disseminar MDL no campo

A ideia é desenvolver ações de capacitação, transferência de tecnologia, além de informar sobre linhas de financiamento
Por: -Janice

A ideia é desenvolver ações de capacitação, transferência de tecnologia, além de informar sobre linhas de financiamento, com o apoio do governo federal e de instituições parceiras

Foi assinado nesta sexta-feira (15-10) um acordo de cooperação entre a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), o governo federal e instituições parceiras para a disseminação de projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) no campo. O objetivo é desenvolver ações de capacitação e transferência de tecnologia junto às cooperativas agropecuárias, além de informá-las sobre linhas de financiamento e oportunidades de negócio.

O documento foi assinado pelo presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas, os ministros do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, da Ciência e Tecnologia, Sergio Machado Rezende, o secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcio Portocarrero, o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Pedro Arraes, o diretor-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA), Vicente Andreu Guillo, e o diretor de Agronegócios do Banco do Brasil (BB), José Carlos Vaz. O evento ocorreu na sede da instituição, em Brasília (DF).

A ideia é, em princípio, direcionar as ações para a Mata Atlântica e depois estendê-las para outras regiões. “Queremos contribuir para a mitigação das mudanças climáticas e preservação da Mata Atlântica, além de promover o desenvolvimento sustentável, garantindo o bem-estar dos associados e suas famílias, dos empregados de cooperativas e da comunidade onde elas estão presentes. No cooperativismo, a busca pelo desenvolvimento sustentável é uma realidade, mas, acima de tudo, um princípio e um processo constante de conscientização”, disse Freitas.

Para o presidente da OCB, o acordo reflete a busca do setor pelo alinhamento entre a preservação do meio ambiente e sua viabilidade econômica. “Além de dar continuidade aos trabalhos de MDL já iniciados pelas cooperativas, precisamos incentivar e fomentar novas iniciativas. Neste processo, vale frisar a importância da intercooperação. Estamos falando de ações conjuntas entre cooperativas e o estabelecimento de importantes alianças estratégicas como esta hoje firmada”, ressaltou.

Para viabilizar essas ações estruturantes, foi formado um Grupo de Acompanhamento de MDL composto por representantes das instituições e dos órgãos participantes do acordo de cooperação, além dos ministérios do Meio Ambiente (MMA) e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Conheça programas desenvolvidos pelo setor cooperativista no site (http://carbono.brasilcooperativo.coop.br/)

As informações são da assessoria de imprensa Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink