Oeste do Paraná tem potencial para liderar em genética Angus

Agronegócio

Oeste do Paraná tem potencial para liderar em genética Angus

"Nível de tecnificação, potencial genético dos rebanhos e condições de solo e clima criam o cenário ideal"
Por: -Joana
909 acessos
“O nível de tecnificação, o potencial genético dos rebanhos já existentes e as condições de solo e clima criam o cenário ideal para transformar a região Oeste do Paraná num pólo de genética Angus”.

A avaliação é do médico veterinário Fernando Furtado Velloso, da Associação Brasileira de Angus -Aba-, uma das maiores autoridades do País neste setor, ao participar na noite de segunda-feira, do Angus Show, evento que reuniu mais de 250 agropecuaristas em Cascavel. Organizado pelo Núcleo de Criadores de Angus do Oeste, Sociedade Rural Oeste e Aba, o Show inédito mesclou aspectos técnicos da raça Angus ao espetáculo que levou às passarelas animais da região, vencedores de exposições-feiras de Londrina, Maringá e Guarapuava.

Em sua palestra, Fernando Velloso abordou o tema “A Raça Angus, suas oportunidades e potencial para a região Oeste do Paraná”. Segundo ele, os três estados do Sul, devido às condições climáticas, são vocacionados para o desenvolvimento da genética Angus e especialmente a região Oeste, devido à estrutura fundiária e localização estratégica em relação às regiões mais quentes do País, pode ocupar posição de liderança como gerador e fornecedor de genética para cruzamentos industriais.

Onze anos de Núcleo

O “Angus Show” também marcou os onze anos de fundação do Núcleo Angus do Oeste do Paraná, uma das mais atuantes entidades do segmento no País. Segundo seu presidente, Cristopher Filippon, nestes onze anos, o Núcleo promoveu 23 julgamentos e 21 leilões, que comercializaram nada menos que 500 reprodutores e 1.500 animais de cruzamento.

Campeões na passarela

O ponto alto do ‘Angus Show” foi o desfile de animais da Fazendas Stein e da Fazenda Rio da Paz, que representam o potencial genético da raça já existente no Oeste do Paraná. O desfile foi aberto pelo touro Merco da Rio da Paz, seguido de Emi da Rio da Paz, que conquistou o primeiro premio na Expolondrina 2011.

Em seguida, desfilou Feliz 295 Neco Brigadier, Reservado de Grande Campeão da Expoingá 2011: na sequência, Dadiva da Rio da Paz, Grande Campeã da Expoingá 2011 e Esperada da Rio da Paz, Grande Campeã da Exposição de Guarapuava 2010. O encerramento do desfile ficou por conta de Paineiras Brigadier Karol, que conquistou o título de Reservada de Grande Campeã da mais importante exposição do calendário Angus no Paraná, a Expolondrina 2011. Encerrando o evento, os convidados participaram de degustação de carne angus e jantar.
 
 
As informações são da VS Comunicação

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink