Oferta mundial de milho está reduzida
CI
Imagem: Marcel Oliveira
RELATÓRIO

Oferta mundial de milho está reduzida

No tocante à demanda, ela foi reduzida em 0,30%, motivada pela limitação na oferta mundial de milho
Por: -Aline Merladete

Segundo dados do relatório de oferta e demanda divulgado pelo USDA na quinta-feira (12/05), a primeira estimativa para a safra 2022/23 indica queda na produção mundial de milho, assim como no consumo e estoques finais. No que tange à produção, a estimativa da oferta ficou em 1,18 bilhão de toneladas, recuo de 2,87% ante a safra 2021/22.

Conforme boletim informativo do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), desse modo, a queda nas expectativas de produção mundial ocorre em virtude da menor oferta de milho por parte de grandes países produtores, principalmente pelos Estados Unidos, que deverão reduzir em 4,33% a sua produção em consequência do atraso na semeadura do milho, e pela Ucrânia, que estima uma brusca redução de 53,71% em sua oferta devido aos conflitos que ocorrem no país europeu.

No tocante à demanda, ela foi reduzida em 0,30%, motivada pela limitação na oferta mundial de milho. Desse modo, a menor oferta deverá impulsionar os elevados patamares de preço, reduzindo ainda mais os estoques finais do mundo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.