OMS confirma 14 infecções e 6 mortes pela mutação da gripe aviária
CI
Agronegócio

OMS confirma 14 infecções e 6 mortes pela mutação da gripe aviária

Mais de 400 pessoas próximas aos pacientes estão sendo monitoradas
Por:
A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou hoje (5) que a China já confirma 14 casos de infecção em humanos pelo vírus H7N9 – uma mutação do vírus que provoca a gripe aviária. O governo chinês contabiliza ainda seis mortes provocadas pela nova cepa.

As infecções foram confirmadas em Shangai, na província de Jiangsu e na província de Zhejiang. Segundo a OMS, mais de 400 pessoas próximas aos pacientes estão sendo monitoradas de perto. O órgão ressaltou, entretanto, que não há indícios de transmissão sustentada do H7N9 entre pessoas.

De acordo com a OMS, até o momento, a origem da infecção não foi identificada. Testes preliminares realizados na China sugerem que a infecção pelo H7N9 pode ser combatida por meio de medicamentos como o oseltamivir, utilizado no tratamento da influenza A (H1N1) – gripe suína.

No momento, a OMS não recomenda nenhum tipo de restrição a viagens ou ao comércio de produtos oriundos da China. O governo do país, por sua vez, orientou a população a manter hábitos de higiene como lavar as mãos com frequência e evitar contato direto com animais doentes ou mortos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.