OMS declara que gripe de aves é risco maior do que tsunami

Agronegócio

OMS declara que gripe de aves é risco maior do que tsunami

Por:
1 acessos

O vírus H5N1 foi detectado em animais de várias regiões da Tailândia. A Organização Mundial de Saúde disse que o foco de gripe de aves letal na Tailândia representa uma preocupação maior do que o risco para a saúde decorrente do tsunami de 26 de dezembro, depois que uma reincidência do vírus no Vietnã causou a morte de sete pessoas.

Cientistas tailandeses detectaram a presença da variedade H5N1, que pode ser fatal para os seres humanos, em pelo menos 13 galos de briga na província de Rayong, no Leste do país. A região, na fronteira com o Cambodja, foi cenário do primeiro foco de gripe de aves letal este ano, levando o governo a declarar um nível alto de alerta. Na província tailandesa de Phitsanulok, no Norte do país, foi confirmada a contaminação de 50 galinhas.

"Há um perigo real em permitir que essa onda dissemine o que pode se revelar como sendo um problema maior para o país, se tivermos uma pandemia de gripe de aves", disse William Aldis, representante da Organização Mundial de Saúde (OMS). Segundo ele, a situação no Vietnã foi um choque.

No Vietnã, as autoridades locais estão apurando o que pode configurar o primeiro caso humano, decorrente do foco mais recente do norte do país. O caso envolve um homem de 42 anos, hospitalizado em Hanói. Constatou-se que o irmão desse paciente, que morreu no início deste mês num hospital de Hanói, tinha sido contaminado pelo vírus da gripe de aves. Um terceiro exame demonstrou que o homem que morrera, originário da província de Thai Binh, tinha contraído o vírus da linhagem H5N1. Dois outros exames tiveram resultado negativo. Sete outras pessoas que contraíram o vírus morreram no Vietnã desde dezembro passado.

Os focos asiáticos de gripe de aves mataram pelo menos 38 pessoas na Tailândia e no Vietnã desde o início de 2004. A doença fez com que União Européia, Japão e outros países proibissem no ano passado as importações de carne congelada de empresas da região.

"No Vietnã, a volta do vírus às criações de aves e às populações humanas mostra o risco de uma pandemia", disse Aldis. Segundo ele, não é que não tenha sido epidemiologicamente previsto, mas sua reincidência com esse grau de gravidade, com essa rapidez, para disseminar o vírus na população de aves, envolvendo muitas e muitas províncias diferentes no Vietnã, além dos casos registrados na população de seres humanos mostra que as condições continuam alarmantes. "Tudo que foi alvo dos alertas que passamos às pessoas continua sendo, em grande medida, uma preocupação atual", conclui.

Até 100 milhões de pessoas poderiam morrer vítimas da gripe de aves, segundo previsão formulada, considerando-se o pior dos cenários pela OMS. A estimativa foi feita em novembro, por Shigeru Omi, diretor da agência da ONU para a região do Pacífico Ocidental.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink