Onda de frio deve trazer neve para o Rio Grande do Sul

Agronegócio

Onda de frio deve trazer neve para o Rio Grande do Sul

Marcas negativas estão previstas para domingo e segunda
Por:
1554 acessos
Marcas negativas e sensação térmica abaixo de zero estão previstas para domingo e segunda
 
 
Cidades da Campanha, Oeste e Sul do Estado já tiveram um amanhecer gelado, nesta sexta-feira, com mínimas de 3,2ºC em Quaraí e 3,6ºC em Alegrete. Na Serra, em Gramado, as marcas chegaram a 8ºC. No entanto, a MetSul Meteorologia adverte que deve esfriar muito mais no Rio Grande do Sul no sábado, no domingo e no começo da próxima semana, e pode nevar. “A parte mais intensa da massa de ar polar alcançará o Estado no domingo e na segunda-feira”, antecipou o meteorologista Luiz Fernando Nachtigall.

Grande parte dos municípios deve ter mínimas perto de 0ºC ou com valores negativos na primeira metade da semana que vem, o que deve se repetir na maioria dos municípios também de Santa Catarina e do Sul e do Oeste do Paraná entre segunda e terça. Nos Aparados da Serra e nas áreas de baixada da Serra Gaúcha não estão descartadas mínimas de 3ºC a 5ºC negativos. Porto Alegre pode ter mínimas de 1ºC a 3ºC na terça e na quarta com marcas de até 0ºC na área metropolitana da Capital. Já no Planalto Sul Catarinense, o frio chegar a -8ºC e a estação da localidade de Urupema pode anotar marcas de até -9ºC ou -10ºC.

Tardes geladas e sensação abaixo de zero

A MetSul adverte que as tardes de domingo e da segunda-feira no Rio Grande do Sul serão geladas e, mesmo onde o sol aparecer, o frio será intenso o dia todo com máximas abaixo de 10ºC em inúmeras localidades. Porto Alegre deve ter máximas entre 11ºC e 13ºC no domingo e apenas de 10ºC a 12ºC na segunda, o que poucas vezes se observou nos últimos anos. Em algumas localidades dos Campos de Cima da Serra, como na área de São José dos Ausentes, as maiores temperaturas da segunda-feira não devem superar 3ºC.

O vento deve ganhar força com a chegada do núcleo mais intenso da massa de ar polar e pode soprar moderado a forte no domingo e na segunda-feira com rajadas mais intensas no Leste gaúcho e, principalmente, na Serra e no Litoral Norte. “A sensação térmica vai ficar abaixo de zero na maioria dos municípios gaúchos e será desconfortável”, advertiu a MetSul. Na orla, o mar deve ficar agitado e pode apresentar ressaca.

Geada e neve

Deve gear no Sul e no Oeste do Estado neste fim de semana e em todo o Rio Grande do Sul na primeira metade da semana, sobretudo na terça-feira, quando o fenômeno tende a ser registrado de forma mais ampla, inclusive em alguns bairros da Capital e em pontos da faixa litorânea. A geada será forte a intensa em alguns municípios. “Como o tempo seguirá instável, é preciso estar alerta porque pode se formar gelo na pista de rodovias das áreas de altitude, o que é comum em intensas ondas de frio”, alertou Nachtigall.

A combinação de umidade de uma área de baixa pressão atmosférica com o ar gelado pode trazer neve para as regiões de maior altitude da Metade Norte gaúcha e de Santa Catarina na noite de domingo e durante a segunda-feira. A MetSul não afasta a possibilidade de acumulação em alguns pontos, mesmo que pequena. “A chance de neve é maior para a Serra Gaúcha e os Aparados, sobretudo para locais acima de 700 metros, mas eventualmente o nível de neve pode baixar para 500 metros”, informou Nachtigall. Segundo o meteorologista, existe ainda uma possibilidade remota a pequena de chuva congelada (sleet) ou neve granular (graupel) em partes do Sul e do Centro do Estado entre o domingo e a segunda-feira.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink