ONG sul-africana propõe embargo à carne de frango brasileira

CARNE DE FRANGO

ONG sul-africana propõe embargo à carne de frango brasileira

Sem detalhar o volume importado, a ONG afirma que o Brasil atendeu 52,33% do total de CMS e outros 19% de carne de frango com osso
Por:
170 acessos

A melhor tradução para “fair play” é, sem dúvida, “jogo limpo”. Mas a ONG sul-africana Fair Play Movement (que atua pela indústria avícola local e afirma ter parceiros em outros países como EUA e Canadá) apela para o que poderia ser chamado de “jogo sujo” ao defender o embargo da África do Sul à carne de frango de origem brasileira.

Em recente manifesto, a Fair Play trouxe à tona episódios relacionados à Operação Carne Fraca (2017), ressaltando que “enquanto vários países agiram contra as importações brasileiras de frango, o Brasil continuou sendo a principal fonte de frango importado pela África do Sul”.

Com dados relativos ao período janeiro-novembro de 2019, a ONG observa – em comunicado do final de janeiro passado - que as importações sul-africanas de carne de frango permanecem elevadas e que o Brasil é seu maior fornecedor, detendo uma participação de mercado que supera qualquer produtor local. Acrescenta que as importações da União Europeia vêm crescendo rapidamente, embora permaneçam em baixos níveis. E preconiza, agora em outro tom: “a imposição de tarifas de importação é urgentemente necessária.”

Detalhando as importações do país no ano que passou, a Fair Play comenta que recuaram em relação a 2018: até novembro registravam queda de 6,4% em relação ao mesmo período do ano anterior. De toda forma, houve aumento de 10% nas importações de carne mecanicamente separada (CMS), o principal item adquirido externamente pelo país.

Sem detalhar o volume importado, a ONG afirma que o Brasil atendeu 52,33% do total de CMS e outros 19% de carne de frango com osso, “categoria que pode sujeitar-se ao aumento proposto nas tarifas de importação”.

São feitas, ainda, referências ao aumento das importações de produto com osso proveniente da União Europeia. Mas, curiosamente, não há qualquer comentário acerca das importações vindas dos EUA que, comparativamente ao mesmo período de 2016, aumentaram (entre janeiro e novembro de 2019) perto de 200%.

A Fair Play termina seu manifesto destacando que o aumento das importações de carne de frango com osso é uma clara demonstração da ineficiência das medidas comerciais sul-africanas “contra as práticas de dumping”.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink