Incentivo

Operações de incentivo a escoamento de milho negociam 748 mil toneladas

Operações foram realizadas nesta quinta-feira
Por:
129 acessos

Foram realizadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta-feira (10) mais duas operações de incentivo ao escoamento de milho do Centro-Oeste. As operações juntas negociaram 748 mil toneladas das 752 mil ofertadas de produtos dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.

No primeiro leilão, de Prêmio para o Escoamento (PEP) de 60 mil toneladas do produto, houve comercialização das 30 mil t de MS e 26 mil t de GO. Já a segunda operação de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), foram negociadas todas as 692 mil toneladas.

Estas operações foram autorizadas pelo Conselho Interministerial de Estoques Públicos (Ciep) no começo de abril, e têm a finalidade de garantir preço ao produtor de milho e incentivar o escoamento do excedente de produção para os grandes centros consumidores.

O valor máximo do prêmio de cada operação é calculado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), seguindo a fórmula do valor do preço mínimo menos o valor médio de mercado no estado ou região de produção.

Para participar dos leilões, é necessário estar adimplente junto ao Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin) e possuir cadastro em situação regular no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (Sicaf) e no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais (Sican).

Novas operações de Pepro e PEP ocorrerão na próxima quinta-feira (17). Serão 240 mil toneladas de PEP e 578 mil toneladas de Pepro.

Veja também

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink