Opinião: Os novos players do mercado de cloreto de potássio

Agronegócio

Opinião: Os novos players do mercado de cloreto de potássio

Segundo maior produtor de cloreto de potássio do mundo nascerá da aquisição da Silvinit pela Uralkali
Por:
1747 acessos
Segundo maior produtor de cloreto de potássio do mundo nascerá da aquisição da Silvinit pela Uralkali
 
Carlos Serapião Jr.*

É notícia confirmada a aquisição da Silvinit pela Uralkali, o que vai constituir o segundo maior produtor de cloreto de potássio do mundo e único russo. De volta aos tempos da URSS, conforme manchete de jornal, quando havia monopólio de quase tudo. A diferença é que será um monopólio privado, cujo maior acionista individual será o oligarca Suleiman Kerimov. Aliás, a grande pergunta agora é como financiar a aquisição, se por meio de emissão de dívida (seria necessário cerca de US$ 1,6 bilhão), crédito bancário, dinheiro próprio ou um “mix” dessas três modalidades.

Na verdade, há um terceiro “player” russo de cloreto de potássio, a Acron, que adquiriu a peso de ouro uma mina de potássio em meados de 2008 e, com a crise, ficou recursos para levar o projeto adiante. Se a Vale quiser investir aqui, estou certo de que a Acron ao menos estaria disposta a conversar.

Resta ver as consequências disso no preço do cloreto de potássio. Para o Brasil, me parece má notícia, pois importamos 90% de nosso consumo desse fertilizante, o qual é crucial para nosso agribusiness. Resta agora esperar a possível megaemissão de bônus da Uralkali, cujo rating não é lá essas coisas, então recomendo ficar de olho para eventual compra desse papel, porque cloreto de potássio é tiro certo.
 
*Publicado no Portal Amanhã
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink