Orgânicos brasileiros participam de feira no Japão
CI
Agronegócio

Orgânicos brasileiros participam de feira no Japão

A participação na Biofach Japão é fundamental, uma vez que é crescente a procura por produtos orgânicos no mercado asiático
Por: -Renata
A Organics Brasil – marca de uma entidade que tem como objetivo fomentar a comercialização dos produtos orgânicos nacionais no mercado externo, desenvolvida em parceria pelo Instituto de Promoção do Desenvolvimento (IPD), pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), – levará seis empresas brasileiras para a Biofach Japão (24 a 26 de setembro, em Tóquio), a mais importante feira do setor que acontece na Ásia. O trabalho será em conjunto com o Ministério de Relações Exteriores através da Embaixada do Brasil no Japão.

Segundo Ming Liu, coordenador executivo da Organics Brasil, a participação na Biofach Japão é fundamental, uma vez que é crescente a procura por produtos orgânicos no mercado asiático. "O Brasil é conhecido lá fora como um país orgânico por natureza e aparece em evidência nas principais discussões mundiais sobre o assunto. No Japão, a busca pela qualidade de vida, que é um ensinamento tradicional e milenarmente conhecido, reforça ainda mais o valor agregado dos orgânicos. Essa é uma nova oportunidade de inserir o segmento, justamente no ano em que se comemora dos 100 anos da imigração japonesa, e ampliar a comercialização dos produtos nacionais nesse mercado em franca expansão".

Em 2007, mais de 15 mil pessoas visitaram a Biofach Japão. Nesse ano, dois setores terão destaque especial: cosméticos e alimentos. "Esses são nichos que têm recebido bastante atenção. O ideal de beleza e o pensamento de consumo consciente dão mais credibilidade e espaço para a indústria de cosméticos orgânicos. O diferencial das empresas do Brasil está na composição das fórmulas, que contém ingredientes bem regionais como Andiroba, Cupuaçu e Acerola. Frutas e alimento processados são também muito valorizados", explica Ming Liu.

Estarão na Biofach Japão 2008 com seus produtos, as empresas brasileiras certificadas internacionalmente:

• Cia Orgânica – Produtora de café orgânico (www.ciaorganica.com);

• Surya - Empresa de cosméticos que utiliza ingredientes orgânicos na fabricação da linha Amazônia Preciosa (www.suryacosmetics.com.br);

• MV Export – Trading de exportação de café, gengibre, batata Yakon, açaí e própolis;

• Florestas – Com a marca Ikove, utiliza matérias-primas amazônicas como: açaí, cupuaçu, buriti, andiroba, copaíba e acerola, na fabricação de cosméticos orgânicos. (www.florestas.com);

• Indiana – Fabricante de açúcar mascavo orgânico (www.ecocucar.com.br).

• Natural Fashion – A Cooperativa de Produção Têxtil faz o algodão orgânico colorido naturalmente e cria roupas para homens, crianças e mulheres. (www.naturalfashion.com.br)

Segundo dados do Ministério da Agricultura, os produtores de orgânicos nacionais movimentam anualmente US$ 250 milhões, sendo que 70% da produção são vendidas para o mercado externo. "Nos últimos dez anos, o setor tem demonstrando um constante desenvolvimento. A Biofach Japão ampliará ainda mais essa margem. Estamos presentes desde a edição de 2006 e para esse ano esperamos que a imagem do Brasil fique ainda mais forte, o que representa o fechamento de novos negócios. O mercado japonês é muito discreto para números, mas estimamos que para os próximos 12 meses as associadas fechem US$ 1,2 milhões - com os contatos iniciados na feira", conclui Liu. As informações são da assessoria de imprensa da Organics Brasil.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.