Os bons frutos do Programa Agrinho no Paraná

Agronegócio

Os bons frutos do Programa Agrinho no Paraná

Terceiro colocado na categoria Município do Concurso Agrinho 2016 está colhendo os bons frutos do envolvimento de alunos e professores.
Por:
1056 acessos

Terceiro colocado na categoria Município do Concurso Agrinho 2016, Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), está colhendo os bons frutos do envolvimento de alunos e professores. Neste ano, o Programa envolveu seis escolas públicas do Ensino Fundamental e uma de Educação Especial, com o desenvolvimento de diversas ações, dentre elas, projetos de alfabetização e até as obras de asfaltamento em frente a um dos colégios.

Há 10 anos, a Secretaria Municipal de Educação utiliza o material didático do Programa Agrinho em sala de aula. “Nossos professores se motivaram e fizeram belíssimos trabalhos e, hoje, temos nossa realidade transformada graças ao Programa Agrinho”, relata a pedagoga Luciana Simioni Andreatta, coordenadora pedagógica da Secretaria.

Na Escola Municipal Izair Lago, no Bairro Borda de Campo, o Programa mobilizou 600 crianças em uma ação de trânsito que resultou na construção do asfalto em frente à escola. A obra era uma demanda antiga da instituição e foi concluída no mês passado. Os professores também estimularam os alunos através da implantação de uma horta, com a criação de uma cisterna e compostagem.

Além dessas ações, o “Projeto volta ao Mundo” está envolvendo as sete escolas com o objetivo de levar o conhecimento sobre outros países do mundo. “Os professores ensinam sobre o povo, a culinária, a religião, os costumes e curiosidades de outros países”, conta a pedagoga, acrescentando que uma vez por mês, os colégios oferecem aos alunos um prato típico de cada país estudado durante a merenda escolar. “Quando as crianças estavam estudando sobre os Estados Unidos, por exemplo, o prato foi hambúrguer e batatas fritas”, explica. O projeto se estende até o final deste ano letivo.
Quando se trata do papel do Programa Agrinho, Luciana não poupa elogios. “A gente acreditava que muitas coisas não sairiam do papel, mas, as ações desenvolvidas e estimuladas através do Programa transformaram a realidade da nossa comunidade.”


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink