Outono quente na Europa torna lavouras mais frágeis a clima frio

Agronegócio

Outono quente na Europa torna lavouras mais frágeis a clima frio

Indicativos apontavam para fraca tolerância à geada na maior parte da UE
Por:
970 acessos

Indicativos apontavam para fraca tolerância à geada na maior parte da UE

Condições climáticas mais quentes que o normal em muitas partes da Europa deixaram lavouras de grãos expostas aos danos de um período de frio que pode chegar nesta semana ao leste da Europa, disse o serviço de monitoramento de safras da União Europeia MARS nesta segunda-feiras.

Indicativos apontavam para fraca tolerância à geada na maior parte da UE, exceto em algumas partes da Finlândia, Suécia e Países Bálticos, onde as safras de inverno estão em estado parcial ou avançado de endurecimento, disse o serviço MARS.

Endurecimento é o processo no qual cereais de inverno ganham tolerância à baixa temperatura para suportar condições congelantes que ocorrem durante o período de dormência de inverno.

"A atual situação é delicada, já que uma intrusão de ar frio poderia causar danos consideráveis provocados pela geada nas áreas caracterizadas pela ausência de cobertura de neve e baixa tolerância à geada de culturas de inverno", disse o serviço.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink