Outono será marcado pela redução dos efeitos do "el niño" e chuvas no Nordeste


Agronegócio

Outono será marcado pela redução dos efeitos do "el niño" e chuvas no Nordeste

Por: -Admin
1 acessos

A estação do outono, que iniciou ontem (20-03) e termina no próximo dia 21 de junho, será marcada por baixas temperaturas na maior parte do país em função das massas de ar frio vindas do sul do continente. Haverá geadas nas regiões Sul e Sudeste e no Mato Grosso do Sul, além de neve nas áreas serranas e no planalto do Sul do país. O efeito do “El Niño” – fenômeno climático que aquece a água do Oceano Pacífico na altura da costa peruana – tem diminuído e perdido influ��ncia sobre o clima brasileiro. O fenômeno deve acabar nos próximos meses, segundo o diretor do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Augusto Athayde.

Na maior parte da região Norte do país, as chuvas serão irregulares, mas intensas e freqüentes e com trovoadas isoladas. A média pluviométrica poderá ficar acima dos padrões no norte do Amazonas, Amapá, Ilha do Marajó e Roraima.

Na região Nordeste, prevê-se chuvas ligeiramente acima dos padrões climatológicos em grande parte do Maranhão, centro-oeste do Piauí, leste de Pernambuco e no Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba. Em Alagoas, Sergipe e litoral da Bahia, a chuva estará dentro dos padrões normais para a estação. Nas outras áreas, ficará ligeiramente abaixo do normal.

Na região Sudeste, o período das chuvas poderá ficar um pouco abaixo dos padrões no norte de Minas Gerais e dentro dos padrões no restante da região.

Nas regiões Centro-Oeste e Sul, a precipitação ficará dentro dos padrões climatológicos normais.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink