Outubro registra novo recorde na produção de pintos de corte
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PECUÁRIA

Outubro registra novo recorde na produção de pintos de corte

O Brasil produziu em outubro um volume recorde de 629 milhões de pintos de corte
Por:

O Brasil produziu em outubro um volume recorde de 629 milhões de pintos de corte, de acordo com dados da Associação Brasileira dos Produtores de Pintos de Corte (Apinco). O número é 8% maior que o de outubro de 2019 e, na comparação com setembro, representa alta de 8,56%.

De acordo com nota da associação, não é nada extraordinário, considerando que normalmente em outubro concentra os pintos de corte que serão os frangos abatidos para o período de festas de fim de ano. “Nesse sentido, esses frangos já foram integralmente disponibilizados e absorvidos pelo mercado”, aponta.

A Apinco diz que houve uma antecipação da programação de pintos de corte para outubro, o que indica um menor volume em novembro. Um levantamento preliminar realizado pela entidade junto ao setor confirma que o total de pintos alojados em novembro retrocedeu para volume não superior a 555 milhões de pintos de corte.

PRODUÇÃO CRESCE 4,9% EM 2020

A produção de pintos de corte de janeiro a outubro aponta um crescimento de 4,9% no ano. Foram 5.652.228.118 de animais para produção, enquanto que no mesmo período de 2019 eram 5.388.432.808.

O Paraná concentra mais de 32% da produção brasileira, apontam os números da Apinco, com um volume de 1.841.769.499 de pintos de corte. O estado é o principal responsável pelo crescimento da produção brasileira em 2020, uma vez que no mesmo período de 2019 havia atingido o volume de 1.666.276.661 animais. Ou seja, houve um incremento de 10,53% no ano atual.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink