Ovos: mercado espera movimento mais aquecido no curto prazo

Ovos

Ovos: mercado espera movimento mais aquecido no curto prazo

O que deveria ser a melhor semana do mês para a comercialização do produto vai chegando ao seu final sem grandes desdobramentos positivos
Por:
33 acessos

É a repetição do acontecido em abril último: o que deveria ser a melhor semana do mês para a comercialização do produto vai chegando ao seu final sem grandes desdobramentos positivos. Na quinta-feria (10), encerrando o primeiro decêndio do mês, os negócios se mantiveram nas bases dos últimos nove dias: o preço da caixa de ovos brancos sendo negociada pelo mínimo de R$58,00 ao máximo de R$60,00 e os ovos vermelhos pelo mínimo de R$58,00 até o máximo de R$63,00. 

Segundo a Jox Assessoria Agropecuária, houve crescimento nas vendas do varejo, mas insuficientes para embasar qualquer reação nos preços. O mercado passa a condição de maior equilíbrio e com tendência de movimento mais aquecido no curto prazo.

Por ora, as perdas no preço médio acumulado do ovo branco em maio são imensas: 29,1% e 16,6% abaixo do praticado no mesmo período do ano passado e retrasado, respectivamente. E, no acumulado do ano, o preço médio atinge perdas de 17,3% e 7,5% sobre o mesmo período do ano anterior e de 2016, respectivamente. Sem contar a inflação do período ou a forte evolução dos custos de produção. Ou seja, os preços precisam evoluir para contribuir com a manutenção plena das atividades das empresas produtoras de ovos comerciais.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink