Ovos

Ovos/Cepea: após 20 dias de relativa estabilidade, preços recuam

Mesmo assim, o preço médio do produto em outubro permaneceu acima do observado no mesmo período em 2016
Por:
58 acessos

Depois de quase três semanas de estabilidade, os preços dos ovos negociados na região de Bastos (SP) recuaram entre 25 de outubro e 1 de novembro, refletindo o menor ritmo de comercialização, típico em final de mês. Mesmo assim, o preço médio do produto em outubro permaneceu acima do observado no mesmo período do ano passado.

Considerando os ovos tipo extra, vermelhos, na região paulista, a média dos valores no mês passado, de R$ 84,40 por caixa de 30 dúzias, foi 8,8% maior que a do mesmo mês do ano passado, de R$ 77,59/cx. Para o ovo tipo extra, branco, a diferença foi menor, de 4,4%, com a média passando de R$ 73,97/cx em outubro de 2016 para R$ 77,24/cx no mês passado.

Em 2016, a produção de ovos foi afetada pelas altas dos principais insumos utilizados na atividade, milho e farelo de soja, o que reduziu a margem de negociação dos avicultores de postura no período. Esse cenário sustentou os valores em patamares elevados, refletindo o alto custo de produção.

Neste ano, porém, apesar de os preços desses insumos estarem menores, o mercado de ovos vem conseguindo sustentar as cotações, devido ao bom consumo do produto, segundo agentes do setor consultados pelo Cepea. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink