Pai de menina que morreu de "gripe suína" segue internado em SP

Agronegócio

Pai de menina que morreu de "gripe suína" segue internado em SP

Pai de menina que morreu de "gripe suína" segue internado em São Paulo
Por:
294 acessos

SÃO PAULO - O pai da menina de 11 anos que morreu no dia 30 de junho, em Osasco, no Grande ABC, por causa da "gripe suína" (rebatizada de gripe A H1N1), está internado no Instituto de Infectologia Emílio Ribas para tratamento da doença. Segundo as últimas informações da Vigilância Epidemiológica de Osasco, divulgadas nesta segunda-feira, o quadro de gripe evoluiu para uma pneumonia, mas ele segue estável.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink