Painéis são destaque na programação das Reuniões Técnicas do Milho e Sorgo
CI
Agronegócio

Painéis são destaque na programação das Reuniões Técnicas do Milho e Sorgo

Painéis destacam diferentes trabalhos realizados nos campos da pesquisa
Por:


Centenas de pessoas acompanham no campus da Sociedade Educacional Três de Maio (Setrem), em Três de Maio, as atrações da 59ª Reunião Técnica Anual do Milho e 42ª Reunião Técnica Anual do Sorgo, que acontece até essa quinta-feira (24/07). Entre elas, os painéis conduzidos por especialistas das áreas, que destacam diferentes trabalhos realizados nos campos da pesquisa, ensino e extensão.

Agricultores, pesquisadores, lideranças e extensionistas acompanharam, na terça-feira (22/07), o painel sobre as perspectivas do milho e sorgo. As tendências em termos de preço foram abordadas pelo representante da CONAB Carlos Bestetti; o sorgo para a produção de etanol, pelo diretor da Câmara Setorial de Agroenergia da Secretária Estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Valdir Pedro Zonin; produtividade e fitossanidade apresentado pela professora Edileusa Kersting da Rocha, da Setrem; e no que tange a pesquisa, pela pesquisadora Jane Rodrigues de Assis Machado, da Embrapa Milho e Sorgo.

Já quem acompanhou a programação da manhã desta quarta-feira (23/07) participou do painel sobre Milho e Sorgo na Agricultura Familiar, com abordagem de colheita, secagem e armazenagem pelo consultor em pós-colheita, José Boaventura da Rosa Franco; milhos de polinização aberta pelo pesquisador da Embrapa Clima Temperado, Eberson Diedrich Eicholz; e milho e sorgo na alimentação humana com a assistente técnica regional da Emater/RS-Ascar, na área Social, Vanessa Gnoatto. Na sequencia, foram abordadas políticas públicas para a agricultura familiar com ênfase no troca-troca de sementes de milho e sorgo, pelo técnico da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Paulo Raccini; e relação entre pesquisa, ensino e extensão rural abordada pela coordenadora da Unidade Regional de Cooperativismo da Emater/RS-Ascar, engenheira agrônoma Cleia dos Santos Moraes. 

O ciclo de painéis encerrou abordando a importância do milho na atividade leiteira. Neste painel, os limites da sustentabilidade nos sistemas de corte de planta inteira foram apresentados pelo professor do Centro de Educação Superior Norte RS (Cesnors), Claudir Basso. Já o comportamento do milho e sorgo em períodos de estresse hídrico foi esclarecido pelo pesquisador da Fepagro Juliano Dalcin Martins. O engenheiro agrônomo da Coopermil Milton Racho, por sua vez, abordou as características agronômicas recomendadas para ruminantes.

A oportunidade de reunir centenas de pessoas em torno de um debate sobre a soberania e segurança alimentar foi comemorada pelo assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar, na área de sistemas de produção animal, engenheiro agrônomo Ivar Kreutz. ?Não é possível pensar a agricultura sem as culturas do milho e do sorgo. E é por acreditar nisso que estamos fazendo esse esforço de nos reunirmos e pensarmos em estratégias para o desenvolvimento.?

As Reuniões Técnicas do Milho e do Sorgo seguem até o meio-dia desta quinta-feira (24/07), quando será escolhida a nova sede do evento. Além dos painéis, a programação contempla oficinas, palestras, apresentações de trabalhos científicos e Mostra de Saberes Tradicionais.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink