Painel discute rumos para Brasil se consolidar grande fornecedor mundial

Agronegócio

Painel discute rumos para Brasil se consolidar grande fornecedor mundial

Debate reuniu importantes personalidades do meio político e do agronegócio nacional
Por: -Joana
864 acessos
Debate que reuniu importantes personalidades do meio político e do agronegócio nacional aconteceu na manhã de terça-feira (17/05), durante a AveSui 2011

A realização do Painel Conjuntural de Mercado de Aves e Suínos abriu em grande estilo a programação de palestras e debates técnicos da AveSui 2011, maior evento do gênero na América Latina, que acontece até a próxima quinta-feira (19/05), no Centro de Exposições da cidade Florianópolis (SC).

Na abertura das apresentações o palestrante Larry Rohter, jornalista e autor do livro “Brazil on the rize” (Brasil em ascensão) apresentou um panorama abrangente sobre o desenvolvimento da atividade econômica do Brasil nos últimos 40 anos, que proporcionou um salto no desenvolvimento econômico e político nacional ao ponto de colocar o País entre as sete economias mais desenvolvidas do mundo na atualidade.

Segundo Rohter, além da posição de destaque conquistada em vários setores da produção de grãos e carnes, o Brasil tem se desenvolvido muito rapidamente em setores estratégicos da indústria e em questões importantes no campo da diplomacia e comércio internacional. Para o especialista, a atuação do Brasil no ambiente internacional já supera e muito seus principais concorrentes diretos na América do Sul (Argentina, Chile) e isso graças a habilidade dos governantes brasileiros de aproveitar as oportunidades e crescer em participação dentro do Mercosul e ainda manter o ambiente político na região.

O setor da produção de alimentos é citado pelo especialista como fator importante que tem posicionado bem o Brasil no ambiente de negócios dos países de economias desenvolvidas, destacando a entrada das empresas brasileiras no ambiente de negócios internacional. “O desafio agora é promover um forte trabalho de relações públicas a fim de tornar todas essas ações de conhecimento do público norte-americano”, finaliza.

Em palestra intitulada “Os Desafios da Competitividade da Suinocultura e Avicultura brasileira” o presidente do grupo Agroceres, Fernando Antônio Pereira, falou sobre o atual cenário deficitário na oferta mundial de alimentos e a conseqüente escalada nos preços de produtos da pauta de exportação brasileira e como deve ser a postura do agronegócio frente essa situação.

De acordo com especialista, para atender de maneira satisfatória o consumidor mundial o Brasil precisa promover mudanças profundas em sua infraestrutura a fim de garantir maior escala. Neste contexto as empresas que estiverem mais organizadas sairão certamente na frente da concorrência, além de conseguir lidar melhor com gargalos importantes que afetam diretamente a produção de alimentos e o tornam menos competitivo.

Entre os entraves ele cita a burocracia que encarece sobremaneira os produtos até sua chegada ao consumidor final, as altas cargas de tributos que incidem sobre a produção, falta de uma regulamentação coerente as necessidades do setor produtivo e o câmbio supervalorizado.

Já o ex-ministro da agricultura e atual membro do conselho de administração do Grupo JBS, Marcus Vinicius Pratini de Moraes, também trouxe para apresentação ao público da AveSui 2011 informações que comprovam a atual posição de destaque do Brasil no contexto do mundial de consumo de alimentos que passa por fortes transformações. 

Após ressaltar as qualidades do País enquanto potencial grande produtor de grãos e proteína animal, Pratini falou sobre essas mudanças de paradigma na relação entre o consumidor e a forma como ele quer ter os produtos na gôndula dos supermercados. “O consumidor está cada vez mais interessado em adquirir produtos semi-prontos e isso abre um campo enorme para que empresas brasileiras entrem e ganhem dinheiro com o agronegócio”.
Para fechar o ciclo de apresentações a jornalista e cientista política Lucia Hipólito chamou a atenção dos presentes para a importância da sociedade brasileira participar de maneira mais efetiva da vida política do País, e cita exemplos de fatos recentes envolvendo membros do poder público que colocam em cheque a democracia, que são o retrato claro do descaso com que muitos deles legislam em favor do País.

Ao término das apresentações formou-se uma roda de debates com os palestrantes, mais a participação do atual presidente da União Brasileira de Avicultura (Ubabef), Francisco Turra, o diretor de mercado interno da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs), Jurandi Machado, o presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Irineu Wessler, e o chefe-geral da Embrapa Suínos e Aves, Dirceu Talamini.  

As informações são da Texto Assessoria

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink