País deverá ganhar terreno no mercado externo de grãos
CI
Agronegócio

País deverá ganhar terreno no mercado externo de grãos

A crescente produção de etanol nos EUA elevará a área de milho no país
Por:
A crescente produção de etanol nos Estados Unidos elevará a área de milho no país nesta safra - em detrimento da soja - e assim, abrirá mais espaço para o Brasil vender os dois grãos no mercado internacional. A avaliação, que poderia parecer apenas mais otimismo de um ponto de vista brasileiro, dessa vez é feita por duas vozes insuspeitas: o ex-subsecretário americano de Agricultura, Jim Butler, e Phillip Bradshaw, diretor do United Soybean Board, associação que reúne produtores nos EUA.


De acordo com Butler, a expectativa é de um crescimento de 10% na área de milho dos EUA, que foi de 31,7 milhões de hectares em 2006/07, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O ex-subsecretário, que, junto com Bradshaw, esteve em São Paulo esta semana para o lançamento do Congresso Internacional da Carne, afirma que as vendas de sementes de milho registram alta de 30% em algumas regiões americanas. "Tradicionalmente, os produtores fazem rotação de cultura [entre soja e milho], mas nesta safra a rotação deve ser menor porque parte dos produtores vai plantar milho de novo", diz.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink