Países americanos discutem o Sistema de Plantio Direto em encontro na Argentina


Agronegócio

Países americanos discutem o Sistema de Plantio Direto em encontro na Argentina

Por:
6 acessos

A cidade de Rosário, na Argentina, está sediando, até amanhã (31-03), a Reunião Anual da Confederação de Associações Americanas para uma Agricultura Sustentável (CAAPAS). A entidade anfitriã, é a AAPRESIDE, co-irmã portenha da Federação Brasileira do Plantio Direto na Palha.

A pauta principal é a possível inclusão do Canadá como membro da CAAPAS, solicitação formalizada durante a realização do II Congresso Mundial de Agricultura Conservacionista, em agosto do ano passado, em Foz do Iguaçu, no Paraná. A entidade de produtores canadenses que reivindica a sua inclusão no quadro de associados é a SCCC (Soil Conservation Council of Canadá). Pelos pareceres já enviados ao presidente da CAAPAS, Engº. Agr. Roberto A. Peiretti, é quase certo o deferimento do pedido. Para o dirigente, a adesão de mais um país representa um reconhecimento assim como a possibilidade de continuar ampliando os horizontes e sentido de ser da instituição.

O Brasil está representado pela Federação Brasileira do Plantio Direto na Palha –FEBRAPDP, associada da CAAPAS. O Eng.Agrº Ivo Mello, presidente da Federação, participa acompanhado do Diretor executivo, Maury Sade e do Diretor tesoureiro, Manoel Henrique Pereira, o Nono, apresentando relatório das atividades da FEBRAPDP, no ano de 2003 e o planejamento para 2004.

Pelo Brasil , Ivo Mello declara que o Sistema de Plantio Direto na Palha pode, sem a menor dúvida, ser considerado como um dos responsáveis pelos excelentes resultados que a agricultura brasileira tem obtido ultimamente, em termos quantitativos e qualitativos.

"Hoje, contamos com área superior a 20,0 milhões de hectares sob o SPD e com a adoção em todos os níveis- pequenos, médios e grandes produtores- e em todas as regiões do país", pontuou o presidente da FEBRAPDP. "O crescimento da produtividade no campo, está diretamente ligado com a evolução das áreas sob SPD. Da safra 1985/86 até a de 2003/04, a ascendência da produção de grãos combina com a da adoção do sistema de plantio direto. Passamos de 58,0 a 120,0 milhões de toneladas. E isto, sem subsídios e apesar da existência de determinadas deficiências político-estruturais", conclui, Mello.

A idéia da CAAPAS surgiu em março de 1992, durante o 1º Congresso Anual da APPRESID, realizado em Villa Giardino, Província de Córdoba, Argentina. Desde então realiza anualmente, reuniões de avaliação e planejamento com as entidades associadas com o objetivo de expandir a prática do Plantio Direto.

A entidade defende uma proposta para aumentar e sustentar a produção agropecuária que se baseia no uso racional dos recursos naturais, compatibilizando-os com as necessidades de beneficio econômico através de utilização de tecnologia adequada, que possa harmonizar esses fatores. A agricultura sem preparação do solo, plantio direto, constitui a proposta central da Confederação. Este permite, desde um ponto de vista conceitual, considerar o solo como um recurso natural renovável.

A pesquisa científica e a aplicação desta tecnologia pelos Produtores Inovadores da América, vem demonstrando que este sistema de produção não só evita a deterioracão do solo, como também o melhora e conserva. Além disso, permite a transformação do recurso solo renovável e da agricultura sustentável. Além do Brasil, são membros da CAAPAS países como o México, Chile, Paraguai, Bolívia, Uruguai, Argentina e os Estados Unidos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink