Países importadores de ovos comerciais in natura no primeiro bimestre de 2019

Ovos

Países importadores de ovos comerciais in natura no primeiro bimestre de 2019

Vendas externas de ovos comerciais in natura alcançaram boa movimentação e foram direcionadas para um grande número de países
Por:
52 acessos

Em fevereiro último as vendas externas de ovos comerciais in natura alcançaram boa movimentação e foram direcionadas para um grande número de países. Importante ressaltar que, agora, o novo sistema de divulgação dos dados através do Comex Stat realiza um detalhamento maior das informações e, com isso, um número cada vez maior de países passa a fazer parte do rol de importadores do produto, mesmo com volumes insignificantes.

O total embarcado no primeiro bimestre tem os Emirados como o grande importador, adquirindo quase 87% das vendas brasileiras. Bahrein (5,3%), Libéria (3,5%), Guiné-Bissau (1,1%), Catar (1%) e Gâmbia (quase 1%) completam o rol dos seis maiores. Juntos responderam por 98,6% do volume embarcado. Os restantes 33 países representaram apenas 1,4% do total nacional.

No primeiro bimestre do ano passado, dentro da sistemática antiga de levantamento, o SECEX/MDIC informava a comercialização do produto para apenas 6 países: Emirados, Gâmbia, Guiné Equatorial, Libéria, Serra Leoa e África do Sul.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink