Paraguai libera cultivo de soja transgênica
CI
Agronegócio

Paraguai libera cultivo de soja transgênica

Por:

O Paraguai decidiu liberar o cultivo de soja transgênica para formalizar uma prática que vinha ocorrendo há cinco anos, informou ontem (03-11) o Ministério da Agricultura paraguaio.

O ministro da Agricultura e Pecuária, Antonio Ibáñez, disse que não será renovado em dezembro um decreto que o presidente assinava todo fim de ano proibindo o cultivo e a comercialização de soja geneticamente modificada. "É agora uma decisão dos produtores"", afirmou Ibáñez. "O Ministério da Agricultura não vai coibir a liberdade dos produtores. A obrigação, sim, é que ao exportar eles esclareçam se é soja transgênica ou convencional.""

O Paraguai exporta 83% das 4,2 milhões de toneladas de soja que produz. Segundo exportadores, cerca de 15% é transgênica. O país é, ao lado de Argentina e Brasil, um dos três maiores produtores da América do Sul. Na prática, a restrição que existia no país não impedia a produção de soja transgênica pela falta de meios para a fiscalização. O debate sobre a produção de soja transgênica no Paraguai foi despertado após o Paraná aprovar uma lei proibindo a passagem de produtos geneticamente modificados por seu território.

O Paraguai utiliza o Porto de Paranaguá para o escoamento de sua produção. Segundo os exportadores, a proibição do governador Roberto Requião afetará mais de 35% das exportações de soja paraguaia.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink