Paraguai quer reforçar imagem do país por meio da pecuária

Agronegócio

Paraguai quer reforçar imagem do país por meio da pecuária

Este é um viés que será abordado no Congresso Internacional da Carne
Por: -Janice
2255 acessos
O perfil tradicional do pecuarista paraguaio vem mudando sistematicamente nos últimos cinco anos. Nesse ínterim, cerca de 20 mil novos produtores se incorporaram à atividade rural, resultado do investimento de empresários, advogados e engenheiros na criação de gado. Muitos dos recém chegados são brasileiros e trazem para a pecuária paraguaia conceitos novos, mas que acabam consolidando este como um dos setores com maior investimento no país.


Este é um viés do cenário da pecuária paraguaia que o assessor da Asociación Rural Del Paraguai, Marcos Medina, quer mostrar no Congresso Internacional da Carne, na palestra ‘A realidade do Paraguai na produção de carne’. “A pecuária é um dos setores de maior representatividade no Paraguai, não só no segmento da produção, mas no desenvolvimento do Paraguai”, enfatiza Medina, destacando que a associação tem importante atuação também na área social, em especial na região do Chaco paraguaio.

A credibilidade da instituição sustenta o propósito de mostrar a imagem de um país diferente. “Queremos mostrar um Paraguai de honestidade, trabalho e confiança”, disse o dirigente. Aliado ao Brasil, Uruguai e Argentina, o Paraguai ganha destaque no setor agrícola não somente dentro do Mercosul, mas também em âmbito mundial.


Segundo Medina, a imagem da pecuária foi fortalecida com a declaração da OIE, em 2009, de que o sistema de sanidade do país é confiável. O reconhecimento externo veio também com a oportunidade de dar apoio técnico durante a crise da febre aftosa na Ásia, na Coréia e Japão. “Mostrou que esses países reconhecem e confiam no nosso trabalho”, avaliou.

Entre os 10 maiores exportadores de carne mundial, o Paraguai tem um rebanho de ovinos de 12,3 milhões de cabeças. A Asociación Rural tem cerca de três mil associados e aglutina cerca de 40 mil produtores rurais. A cadeia da pecuária responde por 12,2% do Produto Interno Bruto (PIB) do país e gera aproximadamente 500 mil postos de trabalho diretos, contribuindo com 20% da pauta de exportações paraguaia. Atualmente, a comunidade brasileira no Paraguai é formada por mais de 500 mil pessoas.


O Congresso Internacional da Carne é uma realização do International Meat Secretariat (IMS/Opic) em conjunto com a Famasul. O evento tem o apoio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS (Senar/MS), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de MS (Sebrae), Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural – FUNAR, Fórum Permanente da Pecuária de Corte da CNA e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), conta com o patrocínio da John Deere, Marfrig, AllFlex, Safe Trace, Valefert e Banco do Brasil e o apoio do Convention Visitor Bureau.

As informações são da assessoria de imprensa do evento.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink