Agronegócio

Paraúna ganha Centro de Equoterapia Vida em Movimento

A cidade de Paraúna inaugurou no último sábado (11), o Centro de Equoterapia Vida em Movimento.
Por:
319 acessos

Com o objetivo de habilitar, reeducar e reabilitar crianças e adolescentes com deficiência física e mental, a cidade de Paraúna inaugurou no último sábado (11), o Centro de Equoterapia Vida em Movimento. O evento, que contou com a participação do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG), José Mário Schreiner, teve um gostinho especial de comemoração para os futuros alunos que utilizarão o novo espaço. O Centro ganhou ainda novos olhares por meio da decoração com o Programa Agricultura Urbana.

Durante o evento, Schreiner, que também é presidente do Conselho Administrativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (SENAR Goiás), fez questão de destacar a importância do Centro na luta por melhores condições aos deficientes físicos e metais. Além disso, pontuou que o objetivo é transformar o Programa Equoterapia em uma utilidade pública estadual. “Precisamos ampliar esse projeto tão importante para a sociedade. Se conseguirmos transforma-lo em utilidade pública, ou seja, mais pessoas e cidades estarão envolvidas”, disse.

O Programa de Equoterapia desenvolvido pelo SENAR Goiás está presente em 33 municípios do estado e atende cerca de 400 praticantes. Por meio de atividades educativas e exercícios motores, a prática busca promover a inclusão e reabilitação da pessoa com deficiência. Em 2014, o programa foi inserido na cartilha de cursos do SENAR Brasil e, desde então, serve de modelo para outros estados brasileiros.

Em Paraúna, o Centro nasceu por meio da parceria com Sindicato Rural (SR), FAEG e SENAR Goiás. A meta é atender cerca de 50 pacientes, por meio do método terapêutico utilizando cavalos. Na ocasião, o ex-presidente do Sindicato, Flávio Macarrão, que também foi um dos responsáveis pela fundação do Centro, destacou o empenho da comunidade e das pessoas envolvidas na ação, inclusive a esposa e coordenadora do Centro, Luana Arantes, em levantar fundos para a criação do espaço. “Tudo começou por meio da nossa vontade em levar condições a quem mais precisa. A partir daí os esforços foram mútuos de toda comunidade em implantar o programa na cidade”, disse.

Segundo Macarrão, no começo as dificuldades foram grandes, mas com o empenho de todos os evolvidos o projeto ganhou forma e espaço na cidade. “Conseguimos implantar o Centro com o auxílio da população e por isso chegamos até aqui. Dessa forma, nosso objetivo principal é socializar crianças, adolescentes e idosos por meio da equoterapia. Nossa estimativa é interagir, desenvolvendo autoconfiança e autoestima do praticante, além da inclusão social e do fortalecimento dos vínculos familiares”.

De acordo com Schreiner, cerca de 47 centros de Equoterapia estão espalhados pelas cidades goianas. “Mesmo com pouco tempo de programa, temos uma boa receptividade por parte da sociedade. Mas, precisamos ir além e incluir mais cidades e pessoas nessa ação, inclusive o poder público, através de recursos. Assim contribuiremos efetivamente para a redução de intensidade do problema de inclusão social”, sublinhou

Realidade em Goiás

Mais de 400 pessoas são atendidas pelo programa que está presente em 47 municípios de Goiás. Na maioria dos casos, os serviços são mantidos pelas parcerias entre Sindicatos Rurais, prefeituras, SENAR Goiás e demais entidades de cada cidade. Os atendimentos oferecidos são gratuitos e tem como objetivo o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com necessidades especiais ou que tenham sofrido traumas como o Acidente Vascular Cerebral (AVC).

De acordo com fisioterapeutas, o movimento que o cavalo faz enquanto cavalga auxilia com que o cérebro do paciente tenha a mesma sensação do movimento da coluna vertebral. Os estímulos podem, inclusive, fazer com que portadores de paralisia infantil voltem a caminhar.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink