Parceria entre Ceasa, Sebrae e Banco do Brasil beneficiará produtores

Agronegócio

Parceria entre Ceasa, Sebrae e Banco do Brasil beneficiará produtores

Facilidade de acesso ao crédito e cursos de empreendedorismo serão oferecidos
Por:
145 acessos
Facilidade de acesso ao crédito e cursos de empreendedorismo serão oferecidos

A Secretaria de Desenvolvimento Regional, através da Ceasa-RJ, firmou parceria com o Banco do Brasil. Em reunião na sede da Central de Abastecimento, na tarde desta segunda-feira (1/4), foram discutidos os acertos finais para a inauguração de uma agência no entreposto de Irajá. O trabalho será realizado em conjunto com o Sebrae, que vai incentivar o empreendedorismo através de cursos e palestras que vão facilitar a vida dos produtores rurais do estado e também dos comerciantes instalados nas unidades da Ceasa.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Regional, Felipe Peixoto, a iniciativa será importante para desenvolvimento do interior do Estado do Rio de Janeiro.

- Esta parceria com o Banco do Brasil e o Sebrae vai oferecer ferramentas aos produtores e comerciantes para que possam desenvolver suas atividades, modernizando seus negócios e tornando-os mais lucrativos - disse Felipe Peixoto.

O gerente de DRS do Banco do Brasil, Jair Antônio Miller, acredita que é possível a abertura de mais agências que possam atender os produtores do Estado do Rio. Já o diretor do Sebrae, Armando Clemente, afirmou que instituição possui linhas específicas e oficinas para agricultores e quer aplicar na Central um trabalho voltado para o empreendedorismo, assessorando tanto os produtores rurais, como os permissionários do entreposto.

Para o presidente da Ceasa, Leonardo Brandão, essa parceria que auxilia produtores e comerciantes trará benefício para o desenvolvimento do abastecimento do estado.

- Hoje temos o Sebrae como parceiro na reestruturação da Ceasa e a gente identifica o Banco do Brasil como mais um aliado para contribuir com o crescimento da nossa política de abastecimento no Estado do Rio de Janeiro - afirmou Leonardo Brandão.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink