Parceria público-privada quer aumentar sustentabilidade no campo
CI
Imagem: Pixabay
TECNOLOGIA

Parceria público-privada quer aumentar sustentabilidade no campo

As entidades trabalharão em ações voltadas para a automação e o manejo da irrigação
Por:

Desenvolver projetos para alavancar a produção sustentável. Este é o objetivo da parceria firmada esta semana entre a Valmont, empresa líder do setor de agricultura de precisão, sediada em Uberaba (MG), e o Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), reconhecida instituição de ensino, formação de profissionais e pesquisa.  

As duas entidades trabalharão juntas em ações como a criação de aulas práticas, dias de campo e pesquisas científicas voltadas para a automação e o manejo da irrigação, como explica o diretor-presidente da Valmont, Renato Silva. 

“Queremos contribuir para a formação desses profissionais, que vão estar à frente do nosso agronegócio, no futuro. Faremos isso, aproximando a comunidade acadêmica do que há de mais moderno em termos de irrigação de precisão, que é o portfólio Valmont. Acreditamos que a estratégia é um caminho para aproximar a tecnologia do produtor rural, aumentando o potencial da agricultura do nosso país de forma sustentável", ressalta. 

De acordo com Renato, a produção sustentável é um dos pilares da empresa e da parceria com o instituto. Ao adotar uma perspectiva educacional e pautada no método científico, a Valmont contribui tanto para a formação de novos profissionais, conscientes da importância da preservação ambiental, quanto para a valorização das tecnologias que tornam isso possível. 

"Vamos proporcionar o desenvolvimento e a validação das tecnologias para o aumento da produtividade, preservando ainda os recursos hídricos e energéticos. É isso que torna a parceria tão relevante", avalia o diretor. 

Para a professora e reitora do IFTM, Deborah Santesso Bonnas, a cooperação é o caminho para otimizar a formação de novos profissionais do campo. "Os projetos vão propiciar o compartilhamento de conhecimentos com os alunos dos cursos das áreas de ciências agrárias nos diferentes níveis, por meio do aprimoramento e criação de treinamentos, estágios e desenvolvimento de pesquisas, contribuindo para a formação de profissionais preparados para os novos desafios de associar a tecnologia à sustentabilidade", comenta. 

Da mesma forma, a consultora de irrigação da Valmont, Aline Lilian Marques Oliveira, destaca o papel da tecnologia no sentido de possibilitar a entrada em um mercado de trabalho alinhado com a produção sustentável. "Pela primeira vez, a Valmont terá a oportunidade de trabalhar com o IFTM em prol de objetivos sinérgicos, potencializando a educação dentro do setor do agronegócio e o valor da tecnologia nesse meio. É uma parceria que começou a ser desenhada anos atrás e que, agora, se torna oficial", finaliza


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink