Parque Assis Brasil está pronto para o início da Expointer
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,106 (1,48%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)


Agronegócio

Parque Assis Brasil está pronto para o início da Expointer

Feira tem início sábado e já conta com a presença de diversas raças
Por:
398 acessos

Feira tem início sábado e já conta com a presença de diversas raças

Os dias próximos ao início da 33ª Expointer são de intenso movimento no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Um dos setores mais movimentados foi o desembarcadouro dos animais, que começaram a chegar ao parque já na segunda-feira, assim como a área destinada ao banho das estrelas da festa. Durante toda semana, o trânsito das grandes estrelas da mostra foi intenso. Até o fechamento dessa edição, haviam ingressado no parque 1.977 animais, dos 7.791 que se inscreveram nesse ano entre animais de argola e rústicos. Desses, 468 eram bovinos de corte, 213 bovinos de leite, 4 rústicos, 12 bubalinos, 8 caprinos, 479 equinos de competição, 115 equinos de prova, 678 ovinos e 53 zebuínos. Conforme o chefe da Defesa Sanitária da Secretaria da Agricultura (Seappa), Nilton Rossato, até o final da tarde desta quinta-feira 25 animais foram barrados por problemas sanitários, como papilomatose (verrugas), fungo e corrimentos nasais. "Foram 7 equinos e 18 bovinos impedidos de participar para evitar o contágio a outros animais", disse o veterinário. O número de barrados foi considerado normal pelo especialista, que, no entanto, destacou a necessidade de que os exames sejam feitos antes da viagem a Esteio. "Os exames devem ser mais criteriosos, tanto nas propriedades quanto nas inspetorias veterinárias", afirmou Rossato.

Para preparar o parque aos visitantes em tempo hábil, os operários aceleraram o trabalho nesses últimos dias, especialmente na ampliação dos espaços da agricultura familiar. "Estamos finalizando tudo, pois hoje chegam as agroindústrias", disse o coordenador do Programa da Agroindústria Familiar, Paulo Fabres. Nesse ano, o local foi ampliado para receber 330 expositores, ante os 260 das edições passadas - um investimento de R$ 300 mil. O alojamento dos tratadores também já foi concluído e muitos trabalhadores já estão acomodados no parque.

O chefe do Serviço de Exposições e Feiras, da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio (Seappa), José Arthur Martins, garantiu que as obras estarão todas concluídas até o início da feira. "Estamos em fase de finalização das obras, como o asfaltamento de duas ruas, a central de reciclagem e o pavilhão da agricultura familiar", disse.

Nesse ano, assim como fez na edição passada em pleno surto da Gripe A (H1N1), o governo do Estado vai disponibilizar 300 dispensadores de álcool gel em todos os pavilhões, 15 dos quais junto a 15 lavatórios com sabão líquido e toalhas de papel. "Diante do grande número de pessoas que circulam no local, se mantém o alerta para prevenção de doenças respiratórias."

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink