Participação de antiparasitário no MT chegará a 10%

Agronegócio

Participação de antiparasitário no MT chegará a 10%

O Laboratório Interchange pretende atingir uma cota de 10% do mercado mato-grossense com a venda do Sulfomec
Por: -Anelize Moreno
1 acessos

O Laboratório Veterinário Interchange pretende atingir uma cota de 10% do mercado mato-grossense com a venda do Sulfomec, que será comercializado a cerca de R$ 14 o pacote com 2,5 quilos. Em todo o País, até março deste ano, cerca de 1 milhão de cabeças deverão ser medicadas com o produto. A meta é de até o fim do ano atingir 20 milhões de cabeças de gado, pouco mais de 10% do rebanho nacional.

Além de Mato Grosso, onde o produto vai chegar a partir de março, o antiparasitário já foi difundido em Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Existe a pretensão ainda de expandir as vendas para Goiás e Rio Grande do Sul. Segundo o presidente do Intechange, Ermete Antonio Wegher, o Estado é uma das prioridades da empresa em função do tamanho do rebanho.

“Em Mato Grosso existem criações que concentram até 100 mil cabeças de gado”, diz. O produto, cuja fórmula levou seis anos para ser desenvolvida, já detém em torno de 10% do mercado no Paraguai e é aplicado em 3% do plantel da Guatemala, país que possui 9 milhões de cabeças, das quais 270 mil atendidas pelo Sulfomec.

Além do rebanho bovino, o produto pode ser empregado também, com eficiência, em criações de aves. “No Brasil queremos atingir o rebanho de ovinos do Rio Grande do Sul, que é de cerca de 4 milhões de cabeças”, revela. A interchange também está em fase de negociação com uma empresa do Sul do País para comercializar o Sulfomec já misturado ao sal mineral.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink