Páscoa movimenta a economia nacional

Páscoa

Páscoa movimenta a economia nacional

Cacau puro em pó 100% e o chocolate amargo, são as versões mais saudáveis para o consumidor
Por: -Aline Merladete
172 acessos

A  Páscoa, que neste ano será comemorada no dia 1º de abril. A data é conhecida por ser um momento de celebração para as famílias e também por movimentar e aquecer a economia neste período do ano. Reconhecida como a principal data sazonal para o setor de chocolates no Brasil, a Páscoa, este ano, gerou mais de 23 mil empregos temporários, tanto para a indústria como para os pontos de venda, garantindo uma oportunidade significativa de renda aos brasileiros.     

“O volume de empregos temporários desse ano é considerado positivo pelo setor. As empresas ainda se mostram prudentes nas contratações, mas confiantes nos sinais positivos de alguns indicadores da economia”, afirma Ubiracy Fonseca, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados - ABICAB.

Em 2017, foram produzidas mais de 9 mil toneladas de produtos de chocolate, o equivalente a 36 milhões de ovos de Páscoa. Ainda segundo Ubiracy Fonseca, apesar do volume ser menor do que o observado em 2016, o setor está otimista que os números deste ano comprovarão o amadurecimento da indústria e sua capacidade de organização em uma economia mais estável.

Dica da nutricionista

O feriado é propício para o consumo de cacau, mas é importante ficar atento nas melhores opções,Michelle Mileto Troitinho, nutricionista do Kurotel, o cacau puro em pó 100% e o chocolate amargo, são as versões mais saudáveis para o consumidor, devido ao alto teor de compostos antioxidantes e benefícios associados ao organismo. 

O chocolate ao leite apresenta uma quantidade inferior de antioxidantes, comparado ao cacau em pó puro e chocolate amargo. O chocolate branco, contém aproximadamente 4% de cacau, portanto só possui em sua composição a manteiga do cacau. O chocolate ao leite contém aproximadamente 30% de cacau, o meio amargo, 41% de cacau e o amargo contêm 70 % ou mais de cacau. 

O chocolate amargo, apresenta em sua composição 53,5mg de catequinas (substância antioxidante) em 100g de chocolate, e o chocolate ao leite apenas 15 mg, sendo que o açúcar reduz a absorção deste no organismo. O chocolate ao leite também apresenta grandes quantidades de gordura hidrogenada (gordura trans), que está associada ao aumento dos índices de obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares.

A recomendação diária para obtenção dos benefícios de cacau é de 300 a 900 mg de catequinas e procianidinas porção dia, ou seja, 20 a 50g de chocolate amargo dia.


 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink