Patamar inédito de 54 sc/ha pode proporcionar produção de 30,4 mi/t em Mato Grosso

Agronegócio

Patamar inédito de 54 sc/ha pode proporcionar produção de 30,4 mi/t em Mato Grosso

A produção de soja em Mato Grosso pode chegar a 30,469 milhões de toneladas na safra 2016/2017
Por:
478 acessos

A produção de soja em Mato Grosso pode chegar a 30,469 milhões de toneladas na safra 2016/2017. A projeção de crescimento de 9,6% ante o ciclo passado é decorrente ao patamar de 54,05 sacas de 60 quilos por hectare previstas em média. A produtividade em questão, caso se concretize, será um número inédito para o Estado que nas últimas cinco safras registrou entre 49,8 e 52,9 sacas.

Os números constam na terceira estimativa de safra de soja 2016/2017 para Mato Grosso realizada pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Mato Grosso semeou até a semana passada 99,31% dos 9,396 milhões de hectares destinados para a cultura da oleaginosa. A área inclusive apresenta um leve incremento de 0,91% ante os 9,311 milhões de hectares do ciclo 2015/2016.

O adiantamento da semeadura da nova temporada somada as boas condições climáticas devem proporcionar, segundo as perspectivas do Imea, uma produtividade de 54,05 sacas por hectare. O volume é superior a previsão de 53,19 sacas na estimativa anterior e caso se concretize será a maior produtividade constatada no Estado. 

Conforme série histórica do Imea, a produtividade em Mato Grosso variou entre 49,8 sacas por hectare, constatadas nas safras 2012/2013 e 2015/2016, e 52,9 sacas por hectare vistos na safra 2014/2015. No ciclo 2011/2012 a produtividade média foi de 50 sacas por hectare e na 2013/2014 de 51,9 sacas.

Caso a produtividade atinja as 54,05 sacas por hectare ela será o principal fator para Mato Grosso chegar a uma produção de 30,469 milhões de toneladas. O volume será recorde para o Estado, superando as 28,619 milhões de toneladas da safra 2014/2015.

“A nova safra apresenta um grande potencial produtivo. Ainda assim, os riscos com relação à consolidação da produtividade são elevados, devido aos grandes volumes de chuvas aguardados para os próximos meses, podendo atrapalhar os trabalhos de colheita da nova safra” alerta o Imea.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink