Pavilhão Italiano na Agrishow 2011: Inovação e tecnologia no campo

Agronegócio

Pavilhão Italiano na Agrishow 2011: Inovação e tecnologia no campo

A Itália vem reforçar sua presença no país e apresentar seu potencial para o setor
Por: -Janice
1821 acessos
Reconhecida mundialmente na área de componentes e acessórios de maquinas agrícolas, a Itália vem reforçar sua presença no país e apresentar seu potencial para o setor, na Agrishow 2011, de 02 a 06 de maio, em Ribeirão Preto, SP

Líder na diversidade de construção de máquinas e maior produtor mundial de componentes e implementos agrícolas do mundo, a Itália participa da mais importante feira do agribusiness da América Latina, a Agrishow 2011- Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação.

Em área de 900 m², na entrada principal do Parque de Exposições, o Pavilhão Italiano (avenida D, ruas 1 e 2) reúne 32 empresas líderes em seus setores de atuação - fabricantes de acessórios, equipamentos, peças e implementos agrícolas (sete pertencentes à catalogoteca trazida pela COMACOMP - grupo de fabricantes italianos de componentes para máquinas agrícolas, movimento terra e jardinagem da UNACOMA – Associação Italiana dos Fabricantes de Máquinas Agrícolas).

O objetivo desta participação coletiva, que nesta edição mais que dobrou o número de empresas em relação ao ano anterior, é atingir os fabricantes de maquinário agrícola de forma a abastecer o mercado com peças, componentes e acessórios de reposição e firmar parcerias e joint-ventures com empresas locais. “O significativo aumento do número de participantes, bem como a quantidade de empresas que participam do evento pela primeira vez, mostram a consolidação da presença italiana no setor e o crescente interesse no incremento comercial Brasil-Itália”, afirma Emilio Pelizzon, analista do ICE para o setor.

Segundo Giovanni Sacchi, diretor do ICE para o Brasil, a presença do Pavilhão Italiano reforça as relações bilaterais e estimula a entrada das empresas no país. “O desenvolvimento sustentado e o bom momento da economia no Brasil está ligado ao desempenho do agronegócio brasileiro. A performance e o potencial da Itália, em especial neste setor, são favoráveis a novas e estratégicas parcerias para ambos os países”, finaliza. A iniciativa conta com a organização do ICE - Instituto Italiano para o Comércio Exterior, entidade ligada ao Ministério do Desenvolvimento Econômico da Itália, em parceria com a UNACOMA .

Agronegócio - Comércio Brasil-Itália

O crescente interesse da Itália pelo Brasil se justifica através da evolução comercial entre os dois países. Em 2010, a Itália se tornou o 2º maior parceiro comercial do Brasil na Europa, onde a balança comercial atingiu cerca de US$ 10 bilhões. Em 2011, os dois primeiros meses registraram um comércio de US$ 1,54 bilhão, crescimento de 33% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em especial no setor do agronegócio, as exportações brasileiras para a Itália cresceram 49% nesses dois meses, e incluem produtos como óleo de soja, carne, arroz e açúcar. Da Itália chegam implementos agrícolas, azeite, massas, vinhos e tomates frescos e em molho.

A Indústria Italiana de Máquinas Agrícolas

Metade dos fabricantes do setor, que inclui colhedeiras, ceifadeiras, tratores e outros equipamentos, está localizada na Região de Emilia Romagna, 70% concentrados nas províncias de Modena e Reggio, esta com o maior número de empresas. Os principais mercados de exportações são: França, Alemanha, Estados Unidos, Espanha, Reino Unido e Brasil.
Rodada de Negócios
Visando ampliar as oportunidades de colaboração tecnológica, comercial e industrial, o ICE e a CNA - Confederação Nacional para o Artesanato e a Pequena e Média Empresa, através da CNA Servizio Estero, realizarão no dia 05 de maio, das 08h às 18h, rodada de negócios entre o grupo de 13 empresas, especializadas na produção de máquina e tecnologia agrícola, jardinagem, zootecnia e agroindústria, presentes no estande da CNA - Pavilhão Italiano (avenida D, ruas 2 e 3) e empresários brasileiros. Inscrições e informações s.caribe.contr@ice.it.

Relação de empresas – Pavilhão Italiano: AEG - AGRO EQUIPMENT GROUP; AMA ; ARAG ; BERTOLINI ; CERMAG ; CERMAC ; CNA SERVIZIO ESTERO; COMACOMP (catalogoteca: AGRI PARTS, AIR TOP ITALIA, HYDRO CONTROL, MC ELETRONICS, RE:LAB, SALVARANI e SCF); COMET ; MINELLI ELETTROMECCANICA ; NARDI ; PULI-SISTEM; RIMA; ROC ; SABA ; SAER ELETTROPOMPE; SAFIM ; SALAMI ; TECOMEC ; UDOR ; UNI-GREEN ; VERONA FIERE – FIERA AGRICOLA (INTERNACIONAL AGRI-BUSINESS SHOW) ; VINCENZI & GILBERTINI ; VIRGIS FILTER; ZOOTECH GORUP

Entidades

ICE - Instituto Italiano para o Comercio Exterior (www.ice.gov.it - www.italtrade.com) Instituição do Governo Italiano que, com uma rede de 117 escritórios espalhados por 87 países e outros 17 na Itália, promove os produtos, as tecnologias e os serviços italianos no mundo, dando particular atenção aos interesses e às necessidades das pequenas e médias empresas. Também trabalha para estimular o investimento direto no país e no exterior, bem como atrair investimentos estrangeiros à Itália.

UNACOMA - Associação Italiana dos Fabricantes de Máquinas Agrícolas (www.unacoma.it)
Associação Italiana dos Construtores de Máquinas Agrícolas estuda, patrocina e promove iniciativas de interesse das indústrias do setor, desenvolvendo ações e atividades nos campos econômico, técnico e científico.

AGRISHOW 2011 – 18ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação
Pavilhão Italiano (AVENIDA D - RUAS 1 e 2)
Data: 02 a 06 de maio de 2011
Horário: das 08h às 18h
Local: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de SP, Ribeirão Preto - SP

As informações são da assessoria de imprensa do Instituto Italiano para o Comércio Exterior.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink