Pecuária deixou de ser atrativa e abre espaço para agricultura
CI
Agronegócio

Pecuária deixou de ser atrativa e abre espaço para agricultura

Falta de renda e políticas públicas desestimula a pecuária no MT
Por:
Falta de renda e políticas públicas desestimula a pecuária no Mato Grosso

A pecuária de Mato Grosso pode perder 1,5 milhão de hectares para a agricultura nos próximos dois anos. A falta de políticas públicas e renda para o produtor tornaram a atividade pouco atrativa em comparação com as demais culturas.

De acordo com o secretário-adjunto de Políticas Agrícola da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Luíz Carlos Alécio, a perda de área da pecuária para a agricultura deve ocorrer em menos tempo e na mesma proporção que foi nos últimos anos.


Segundo ele, nos últimos 3 anos cerca de 1,5 milhão de hectares reservados para a pecuária foram transferidos para a agricultura. No país, somaram 10 milhões de hectares ocupados atualmente pelos grãos. "O pecuarista não tem renda suficiente para custear a produção e ter rentabilidade. Já os produtores que têm estão optando para a agricultura, saindo da pecuária".

A falta de atratividade da pecuária também é resultado do alto custo de produção e do baixo retorno para o produtor. O preço real da arroba do boi gordo tem apresentado redução, conforme dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).


Para se ter ideia, o preço da arroba atual de R$ 85,67 é 24% maio em relação ao valor real cotado em novembro de 2010, de R$ 111,79 a arroba, descontada a inflação. O custo de produção, por outro lado, teve aumento de 4% somente no último ano. O ciclo completo de cria e engorda passou de R$ 87,85 por arroba em 2011 para R$ 91,55/@ em 2012.

O superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vacari, destaca que os produtores precisam de políticas públicas específicas. 'Precisamos de créditos para financiamento da pecuária condizentes com a situação do setor".


Além disso, pontua que o cenário da pecuária é incerto, bem como o bom momento vivenciado pela agricultura. "O que vai direcionar é o mercado. No caso da pecuária, temos condições suficientes para atender qualquer crescimento na demanda", afirma.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.