Peixes acumulam medicamentos jogados na natureza

DESCOBERTA

Peixes acumulam medicamentos jogados na natureza

Foram encontradas grandes quantidades de antibióticos e antidepressivos.
Por: -Leonardo Gottems
259 acessos

Pesquisadores da Universidade do País Basco detectaram e mediram a presença do antidepressivo amitriptilina, o antibiótico ciprofloxacina e o oxi-benzil do filtro solar o em peixes. Esses poluentes produzem efeitos colaterais no plasma, no cérebro e no fígado desses animais. 

Até agora, por meio de biomonitoramento ambiental, se tinha provado o risco de acumulação dessas substâncias em peixes e outros organismos aquáticos. mas não tinha se investigado em profundidade a sua forma de construir, distribuir, metabolizar e eliminar drogas e produtos para cuidados pessoais nos tecidos e secreções biológicas dos referidos organismos. 

"A falta de conhecimento sobre a transformação e biodegradação de medicamentos e produtos para cuidados pessoais podem levar a uma subestimação dos verdadeiros efeitos da exposição de peixes para estes contaminantes explica o pesquisador UPV / EHU Haizea Ziarrusta Intxaurtza-. Esses subprodutos (aqueles derivados de transformações e metabólitos) podem ser tão ou mais perigosos que seus precursores”, completa. 

A equipe primeiro otimizou diferentes métodos analíticos "para poder determinar medicamentos e produtos de higiene pessoal na água e nos tecidos do peixe", explica o pesquisador. Usando esses métodos se confirmou a existência destes poluentes em vários animais, mas "nós quisemos ver os efeitos que levam o peixe, analisando as mudanças que ocorrem no seu metabolismo". 

O consumo desses poluentes está aumentando e em estações de tratamento de esgoto que elas não conseguem eliminar: chegam ao peixe e estão mudando seu metabolismo. Além disso, investigamos a biotransformação desses poluentes e caracterizamos seus produtos de degradação. Por fim, investigamos as alterações causadas por esses poluentes em nível molecular, analisando o metabolismo dos peixes ", acrescenta Ziarrusta. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink