Pepe Vargas reafirma compromisso com agricultores familiares do Semiárido
CI
Agronegócio

Pepe Vargas reafirma compromisso com agricultores familiares do Semiárido

Por:
No primeiro dia da reunião realizada em Petrolina (PE), para formular um calendário de atividades que priorize a reestruturação produtiva dos municípios que integram o Semiárido brasileiro, o ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Pepe Vargas, foi firme em defender que o objetivo do governo é construir uma solução sustentável. “Queremos medidas programadas que possam mudar a realidade deste lugar, não só de forma emergencial. Muito ainda temos para fazer mas queremos ouvir os governos estaduais e municipais, as entidades que trabalham com o Semiárido para que as soluções tragam água para áreas que ainda sofrem com a seca".


O encontro reúne no interior pernambucano representantes de instituições governamentais, das três esferas de poder, e também integrantes não governamentais. Além do ministro, a construção da agenda específica para o Semiárido, conta com a participação do secretário da Agricultura Familiar (SAF/MDA), Valter Bianchini e da secretária de Desenvolvimento Territorial (SDT/MDA), Andrea Butto, que acompanharão o ministro no planejamento.


Pepe Vargas finalizou o primeiro dia de encontro, lembrando “o grande desafio de se promover a educação no campo” e destacando as principais propostas para o Semiárido. A estruturação da propriedade, do território/município, para captação, armazenamento e uso sustentável da água para produção agropecuária; a produção e armazenamento de produção animal; a recuperação e manutenção de rebanhos de pequeno e médio porte; a produção de alimentos para SAN; além da elevação da renda familiar, foram os quatro principais eixos realçados pelo ministro e que serão detalhados aos participantes nesta terça-feira (23).


Nesta terça-feira, o ministro Pepe Vargas visitará as instalações da Embrapa Semiárido, para conhecer experiências positivas de enfrentamento à seca. A construção do calendário de atividades para reestabelecer a produção do semiárido contempla parte das medidas emergenciais de enfrentamento aos efeitos da seca anunciadas pela presidenta Dilma Rousseff, no dia 25 de março, durante solenidade de inauguração do primeiro trecho do Sistema Adutor do Pajeú, em Serra Talhada (PE), e de entrega de 22 retroescavadeiras para municípios da região.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.