Pepro de milho oferece mais 1,8 mi toneladas para Nordeste

Agronegócio

Pepro de milho oferece mais 1,8 mi toneladas para Nordeste

Leilão será realizado no dia 11 de setembro
Por:
1434 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realiza, na quinta-feira próxima (11/9), mais um leilão de Prêmio Equalizador pago ao Produtor Rural (Pepro), para venda e escoamento de 1,8 milhão de toneladas de milho (safra 2013 e 2014) de produtores e cooperativas dos estados de Mato Grosso, Goiás, Mato Grosso do Sul, Bahia, Maranhão e Piauí.

No mês passado, foram oferecidas 2,8 milhões de t do mesmo grão, sendo negociados mais de 85% da oferta.
De acordo com o edital (Aviso 141), o participante deverá comprovar a venda para agentes como avicultores, suinocultores, bovinocultores e suas cooperativas, além de indústrias relacionadas. O produto escoado, in natura ou processado, não pode ter como destino final os estados das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste (exceto RJ, ES e norte de MG), assim também como Bahia, Maranhão, Piauí, Sergipe, Pará, Rondônia e Tocantins. O mesmo ocorre para a venda a indústrias de alimentação.

O Pepro é um incentivo econômico oferecido pelo governo federal ao produtor rural ou a sua cooperativa que queiram vender seu produto pela diferença entre o preço mínimo e o valor equalizador arrematado no leilão. O arrematante deve escoar o produto para localidades estabelecidas no edital. A finalidade da operação é estimular a distribuição do produto em excesso numa região para outras de menor oferta. (Assessoria de Imprensa/Conab)
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink