PepsiCo promove cadeia sustentável do coco verde

Coco verde

PepsiCo promove cadeia sustentável do coco verde

Iniciativa atende 100 produtores e beneficia 4 mil pessoas que trabalham diretamente e indireta
Por:
233 acessos

Antônio Pereira de Carvalho possui em parceria com o cunhado uma propriedade no semiárido pernambucano, no município de Petrolândia, que fornece coco verde para a produção de água de coco KERO COCO®, da PepsiCo. A garantia de venda, preço justo, treinamentos e assistência técnica especializada fizeram com que o agricultor conseguisse ampliar a área cultivada em sua propriedade de 18 para 140 hectares. Ele fornece 100% de sua produção à companhia e registrou, nos últimos 5 anos, um aumento de mais de 270% no volume de água de coco produzida.

A estruturação da cadeia de abastecimento de coco verde começou em 2009, com a aquisição da marca KERO COCO®, que é líder no mercado brasileiro de água de coco em caixinha. A partir disso, os agricultores parceiros foram inseridos no Programa Agro da PepsiCo, passando a integrar o Programa Agro Coco.

Hoje, a companhia realiza um importante trabalho com mais de 100 pequenos agricultores nos estados da Bahia, Pernambuco e Ceará. Por meio do Programa Agro Coco, a empresa incentiva toda a cadeia de produção a usar cada vez mais tecnologia em suas atividades, visando o crescimento sustentável nas áreas social, ambiental e econômica.

Cerca de 4 mil pessoas, considerando empregos diretos e indiretos, trabalham em toda a cadeia que abastece a companhia e são beneficiados pelo programa que tem gerado aumento na produtividade e no retorno financeiro para os agricultores. A iniciativa colaborou para o fortalecimento de toda a cadeia e da produção de coco  verde em toda a região Nordeste.

“Nós incentivamos a participação dos produtores e damos orientação sobre práticas sustentáveis, recursos, treinamento e suporte para atender aos padrões social, econômico e ambiental de sustentabilidade da companhia e que possuem metas estabelecidas até 2025. Com isso, o cultivo do coco verde passou a ser muito mais sustentável em todos os aspectos”, explica o diretor de Agro da PepsiCo Marcelo Zanetti.

Garantias

Por meio de acordos formais, a iniciativa garante a compra da produção pela PepsiCo ao longo do ano com valores pré-estabelecidos, o que protege os produtores das oscilações do mercado causadas pela sazonalidade. Outro benefício é um adiantamento, de um percentual do valor anual contratado, usado para o investimento na lavoura. O produtor pode comprar matéria orgânica, fertilizantes, equipamentos, entre outros materiais necessários.  O pagamento para a companhia ocorre de forma parcelada e sem juros, quando o agricultor já tem o retorno do investimento com o aumento da produtividade. “Ter o dinheiro em mãos aumenta o poder de negociação dos fornecedores e possibilita que eles consigam melhores condições comerciais, aumentando a lucratividade das lavouras”, assinala Zanetti.

Uma equipe de agrônomos e técnicos da PepsiCo é responsável pela assistência técnica, que é realizada por meio de visitas mensais às propriedades rurais. Além disso, anualmente, a empresa realiza o “dia de campo”, evento que promove a troca de experiência entre os agricultores, além da transferência de tecnologia.  Os produtores aprendem, por exemplo, boas práticas em irrigação, análise de solo e informações sobre fertilização adequada e manejo integrado de pragas.

Tecnologia

A transferência de tecnologia se dá por meio das fazendas modelo da PepsiCo, em Petrolina, que são as únicas propriedades rurais da companhia em todo o mundo. Um exemplo é a estação meteorológica onde é feita a coleta, processamento e análise de dados sobre o clima: os dados alimentam um software de manejo de irrigação, que indica a quantia exata de água que deve ser aplicada para irrigar os coqueiros. “O uso racional da água é fundamental para uma cultura em uma região com poucas chuvas. Desenvolvemos vários projetos de conscientização do agricultor para evitar o desperdício de água na irrigação. Essa é uma das principais metas estabelecidas globalmente pela companhia”, destaca Zanetti.

Outra iniciativa que garante a sustentabilidade do meio ambiente nesta parceria é o reaproveitamento das cascas de coco como adubo orgânico, contribuindo para a redução no uso de fertilizantes químicos e economia de água usada na lavoura, o que se deve ao fato das cascas absorverem água e ajudarem a retê-la no solo.

O resíduo é triturado e usado como biofertilizante por agricultores de coco, manga, acerola, goiaba e uva da região do Vale do São Francisco. Segundo Zanetti, o reaproveitamento do coco é uma oportunidade econômica para os produtores porque reduz custos com água, fertilizantes químicos e herbicidas. “O substrato do coco colabora para o aumento da produtividade, pois é bastante rico em potássio, e torna o processo mais sustentável”, observa.

Agricultura familiar

Antônio Pereira de Carvalho é um exemplo de como o Programa Agro Coco tem contribuído para o desenvolvimento dos pequenos produtores da região. O cultivo de coco verde envolve toda a família do agricultor, incluindo os filhos, o cunhado e os sobrinhos. Além da família, a propriedade emprega mais 30 pessoas. A produção, que era de 813 mil litros em 2013 passou para 2.260 milhões em 2017.

“A parceria com a PepsiCo foi fundamental para aumentarmos nossa área cultivada e nossa produtividade. Sem ela teria sido muito difícil crescer, pois teríamos que investir em tecnologia e treinamento e não teríamos recursos para isso”, explica o agricultor.  Para Elaine Carvalho, filha do agricultor e quem administra o negócio, houve ainda um grande aprendizado no que se refere a sustentabilidade do negócio e do meio ambiente. “A PepsiCo nos trouxe mais conhecimento. Numa região como a nossa, onde chove pouco, aprendemos a economizar água com a irrigação”, exemplifica ela.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink