Percevejo do arroz ataca lavouras no Rio Grande do Sul

Agronegócio

Percevejo do arroz ataca lavouras no Rio Grande do Sul

O inseto pode causar danos significativos nas lavouras atingidas do Estado
Por: -Redação
2 acessos
Os profissionais que prestam assistência técnica nas lavouras de arroz no Rio Grande do Sul estão preocupados com o ataque do percejo-do-colmo, ainda na fase inicial. Porém, devido à rápida reprodução, podem causar danos significativos nas áreas atingidas. Por este motivo é importante a vistoria nas lavouras e aplicações rápidas de inseticidas quando constatada a infestação desta praga. O adulto é um inseto grande com coloração marrom e ataca a base da planta. Com as temperaturas elevadas nos últimos dias, a tendência dos percevejos é migrarem para parte superior das folhas causando danos à estrutura da planta, podendo ocasionar desfolha intensa. Com 2 a 3 insetos por metro quadrado recomenda-se controle imediato, pois os danos econômicos já aparecem. O sistema de soluções Agrolinkfito possui 6 inseticidas cadastrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para percevejos Tibraca limbativentis e Oebalus poecilus. Além disso, há pesquisas para outras pragas em arroz e 117 outras culturas. Para saber mais, entre em
Agrolinkfito.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink