Perímetros irrigados ajudam na preservação do meio ambiente
CI
Agronegócio

Perímetros irrigados ajudam na preservação do meio ambiente

Em 2013, foram recolhidos 147 mil quilos de embalagens de agrotóxicos
Por:

O Brasil é recordista mundial no recolhimento de embalagens de agrotóxicos. Na região do Vale do São Francisco, que é um grande produtor brasileiro de fruticultura, houve um aumento de 22,5% na quantidade de recipientes recolhidos entre os anos de 2013 e 2012.

A ação é realizada pela Central de Recebimento da Associação do Comércio Agropecuário do Vale do São Francisco (Acavasf), que está sediada dentro do perímetro irrigado de Nilo Coelho e atende a 25 municípios entre os Estados de Pernambuco e Bahia.

Segundo dados da associação, em 2012 foram recebidos 120 mil quilos de embalagens de defensivos agrícolas. Já em 2013, o número chegou a 147 mil. “Todos os anos realizamos uma ação com data específica para devolução das embalagens. Isso possibilita a retirada do descarte dos pequenos produtores que se localizam distantes da Central de Embalagens e não possuem transporte adequado para cumprirem com a lei e contribuir com a preservação do meio ambiente”, conta Dianara Cavalcante, gerente da Central de Recebimento da Acavasf.

A lei federal nº 9.974/00 determinou normas para o recolhimento dessas embalagens entre agricultores, canais de distribuição, indústria e poder público. De acordo com legislação, o produtor deve fazer a tríplice lavagem e perfurar a embalagem para evitar a reutilização. Esse recipiente pode ficar armazenado na propriedade por até um ano. Antes da lei, as embalagens eram enterradas, queimadas ou jogadas em rios, causando danos ao meio ambiente e à sociedade.

Os distribuidores e revendedores do produto são obrigados a colocar na nota fiscal, o local onde o agricultor deve devolver as embalagens, neste caso, as centrais e postos. Existem 400 unidades de recebimento distribuídas em 25 Estados e no Distrito Federal. 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink